Vírus do Nilo detectado no Alentejo

Vírus do Nilo detectado no Alentejo

Resultados de análise confirmaram um caso de Febre do Nilo Ocidental num equino do concelho de Viana do Alentejo, no distrito de Évora, revelou esta sexta-feira (12) a Comissão Veterinária da Federação Equestre Portuguesa (FEP).

Numa nota publicada a meio da tarde, a Federação Equestre Portuguesa refere que, após ter sido informada da confirmação deste caso pela Direcção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), “vem chamar a atenção de todos os médicos veterinários ligados a esta Federação bem como proprietários de cavalos e cavaleiros para esta situação”.

A Febre do Nilo Ocidental (FNO) é uma doença causada por um vírus, relacionado com as encefalites equinas, que é transmitida por mosquitos, sendo sensíveis as aves selvagens, os equinos e o homem.

As aves selvagens são hospedeiros primários da FNO, mantendo-se o vírus em circulação pelo ciclo de transmissão mosquito-ave selvagem-mosquito, enquanto que os equinos e os seres humanos são hospedeiros finais do vírus, sendo a doença transmitida através da picada de mosquitos infectados.

Recomendações e Medidas AQUI

Categorias: Maneio, Notícias, Sociedade