Peste Equina Africana mata 42 cavalos de corrida em Korat

Peste Equina Africana mata 42 cavalos de corrida em Korat

Foto (c) Prasit Tangprasert)

A Peste Equina Africa esteve na origem da morte de pelo menos 42 cavalos de corrida a semana passada, em Korat na Tailândia, segundo o veterinário da região.

Os animais mortos foram encontrados durante uma inspecção às instalações no distrito de Pak Ching, afirmou Pasawee Somjai, médico veterinário e delegado regional do Departament of Livestock Development.

A Federação Equestre Tailandesa, reagiu recomendando aos seus afiliados para restringirem ao máximo a movimentação de equinos, seguindo as medidas impostas pelo Department of Livestock Development.

A Peste Equina Africana* é uma doença endémica em África, tendo-se no entanto estendido ao norte da Europa. Este surto está estritamente relacionado com o Vírus da Língua Azul que afecta ovelhas e gado, que também existe na Europa. Ambas são transmitidas a partir de algumas espécies de mosquitos, e em alguns surtos, 90% dos cavalos morrem.

*Um vírus transportado pelo mosquito causando grandes áreas de inchaços no corpo. Em geral é fatal porque os inchaços fazem pressão sobre as vias respiratórias e impedem o animal de respirar. Não há tratamento e os cavalos afectados são em geral abatidos para não contagiar outros. A vacinação é possível.

Categorias: Corridas, Maneio, Notícias