Artistas da Idade da Pedra eram obcecados por cavalos

Artistas da Idade da Pedra eram obcecados por cavalos

Gruta Chauvet, no sul de França

O arqueólogo George Sauvet notou que os pintores europeus da Idade da Pedra tinham um particular fascínio por cavalos. A comunidade científica ainda não sabe explicar porquê.

Por que razão os cavalos eram tantas vezes retratados em pinturas rupestres é uma incógnita para a comunidade científica. Principalmente porque durante a Idade da Pedra, os cavalos eram um animal relativamente raro. Um novo estudo tem uma teoria intrigante — mas questionável — que pode explicar este fenómeno.

De acordo com a NewScientist, desde os anos 90, Georges Sauvet, da Universidade de Toulouse-Jean Jaurès, tem compilado uma base de dados da arte europeia da Idade da Pedra. Com informações de mais de 4.700 desenhos de França e Espanha, verifica-se que quase um em cada três animais pintados eram cavalos.

Sauvet sugere que os humanos tinham uma espécie de sistema hierárquico para os animais e que o cavalo estava bem no topo. O investigador gaulês notou que os cavalos eram representados com bastante mais frequência do que os outros animais, apesar da sua raridade na altura.

Fonte: NewScientist

Categorias: Notícias, Sociedade