Tóquio2020: Portugal na final de Dressage por Equipas. Rodrigo Torres na final Individual

Tóquio2020: Portugal na final de Dressage por Equipas. Rodrigo Torres na final Individual

Rodrigo Torres (POR) / Fogoso. Foto (c) Eurodressage

Feito histórico para Portugal ao qualificar-se pela primeira vez para a final por equipas com uma formação composta por Maria Caetano (Fénix de Tineo) 70,311%), Rodrigo Torres (Fogoso) 72,624%e João Torrão (Equador) 70,186%.

Terminado o segundo dia do Grande Prémio no Baji Koen Equestrian Park, Portugal juntamente com a Alemanha (campeã em título), Holanda, Suécia, Dinamarca, Estados Unidos da América, Grã Bretanha e Espanha, está na luta por uma medalha por equipas na próxima terça-feira no GP Especial.

Brilhante resultado de Rodrigo Torres com um cavalo de sua criação, o Lusitano Fogoso (Rico x Amélia por Rajá), que alcançou o apuramento individual para o Grande Prémio Freestyle na próxima quarta-feira (28). O culminar de muito trabalho, sacrifício, paixão e persistência.

Foi um orgulho ver os nossos cavalos “Lusitano” a brilhar nos Jogos Olímpicos, talvez a melhor montra para a promoção desta excelente raça nacional no seguimento do saudoso Rubi AR.

Os primeiros dois conjuntos de cada grupo de seis, alcançaram o apuramento – Charlotte Fry e Charlotte Dujardin (GBR), Therese Nilshagen e Juliette Ramel (SWE), Cathrine Dufour e Carina Cassoe Kruth (DEN), Edward Gal (NED), Jessica von Bredow-Werndl, Dorothee Schneider e Isabell Werth (GER), Sabine Schut-Kery e Adrienne Lyle (USA). Estão ainda apurados a título individual os seguintes seis melhores, Nanna Skodborg Merrald (DEN), Beatriz Ferrer-Salat (ESP), Hans Peter Minderhoud (NED), Carl Hester (GBR), Rodrigo Torres (POR) e Steffen Peters (USA).

Resultados AQUI