Oeste Lusitano espera atrair 100 mil pessoas ao Parque das Caldas da Rainha

Oeste Lusitano espera atrair 100 mil pessoas ao Parque das Caldas da Rainha

As provas do calendário nacional de equitação voltam às Caldas da Rainha durante a sexta edição do Oeste Lusitano, que entre os dias 19 e 21 decorre no Parque, onde a organização espera 100 mil visitantes.

“Entre provas de ensino e concursos de saltos e de modelo e andamento esperamos ultrapassar os 200 conjuntos que tivemos no ano passado em competição” afirmou hoje Carlos Rodrigo, presidente da Associação de Criadores de Puro Sangue Lusitano do Oeste, organizadora da feira.

A feira, integrada desde o ano passado no calendário nacional de competições, pretende “contribuir para a divulgação do cavalo Lusitano”, raça que dá tema ao evento.

Esta edição do certame, a sexta realizada no Parque D. Carlos I e que foi apresentada hoje à comunicação social, contará com uma área de exposição com capacidade para 35 boxes de cavalos e cerca de 70 expositores de vários setores de atividade.

Marcado por dezenas de atividades diárias espalhadas pelo recinto e por um programa de animação bastante diversificado, a feira contará este ano com a participação de artistas como Adelaide Ferreira e o fadista Nuno da Câmara Pereira.

Do programa, os organizadores destacam ainda “a presença na mesma edição da Charanga e da Reprise de Mafra, que raramente se juntam num evento”, ressalvou Carlos Rodrigo.

O certame, que arrancou, na primeira edição, com um apoio camarário de 12.500 euros, movimenta este ano um orçamento total de 235 mil euros, dos quais a autarquia comparticipa 95 mil euros, revelou o presidente da Câmara das Caldas da Rainha, Fernando Tinta Ferreira.

Carlos Rodrigo espera que este crescimento “organizacional e de qualidade” se reflita também num aumento de visitantes, que “no ano passado rondaram os 90 mil”.

A entrada no certame é gratuita.

Fonte: Lusa