Nasceu o “Lusitano Sport”

Nasceu o “Lusitano Sport”

Este é um momento expectável e que vem legitimar oficialmente uma ideia que há uns anos atrás o Eng.º Manuel Campilho tentou implementar sob a batuta da APSL. A ideia foi liminarmente recusada pela maioria dos sócios da APSL, tendo motivado momentos de elevada tensão na Assembleia Geral onde foi apresentada.

Desde aí o número de cruzamentos entre o efetivo Lusitano e a realidade warmblood tem crescido de ano para ano, e tem vindo a despertar um interesse crescente da parte dos criadores de cavalos Lusitanos e mesmo de outras raças, em emparelhamentos experimentais entre ambas as realidades.

Atentos a esta realidade económica, a Associação Portuguesa de Criadores de Raças Selectas (APCRS), não só apanhou o conceito e interesse, como o projetou no nascimento de uma nova secção no livro genealógico do Cavalo Português de Desporto, denominada “Lusitano Sport”.

Para isso, o Dr. José Veiga Maltez (Presidente da APCRS), contactou o empresário e criador francês Sylvain Massa, detentor do registo da marca “Lusitano Sport”, que em resposta a uma necessidade desta natureza, de bom grado a cedeu à APCRS.

Como cereja no topo do bolo, a APCRS (Dr. José Veiga Maltez, e o presidente do stud-book do Portuguese Sport Horse, Michael Stilwell) reuniu com o Diretor da Direção Geral de Alimentação e Veterinária, Prof. Dr. Fernando Bernardo, resultando daí um acordo em relação à integração, por parte da APCRS, de uma nova secção no livro genealógico do Cavalo Português de Desporto, denominada “Lusitano Sport”.

Para que ocorra a formalização, a ACPRS apenas tem de remeter à DGAV os critérios, como o da obrigatoriedade da percentagem de sangue Lusitano que deverá integrar o efetivo (de 12,5% a 75%).

É curioso que o Livro do cavalo Puro Sangue Lusitano nasceu na APCRS, separou-se, e neste momento nasce novamente na APCRS uma nova realidade intimamente associada ao cavalo Lusitano.

A APCRS está inscrita na World Breeding Federation for Sport Horses (WBFSH). Esta federação internacional dos stud-books para “Sport Horses”, juntamente com a Federação Equestre Internacional, organizam o World Breeding Championships for Sport Horses (WBCSH), em dressage, obstáculos, e CCE desde 1992.

Todos os meses os WBFSH/FEI ranking’s de cada disciplina são publicados no website da WBFSH, providenciando informação oficial sobre cada cavalo a competir em nível internacional. São igualmente disponibilizados os rankings dos stud books bem como a informação das genealogias.

A APCRS está de parabéns por uma iniciativa que não só oficializará os cruzamentos, como contribuirá de forma decisiva para a promoção de uma realidade que procurará bater-se de igual para igual ao mais alto nível do panorama equestre mundial.

Neste novo mundo podem-se melhorar os membros e dorso, a imprescindível força e resistência física, e ainda conferir mais amplitude aos andamentos da base Lusitana (de preferência preservando a generosidade do Lusitano).

Tudo isto com a livre utilização de reprodutores certificados, não só em licenciamentos de elevado nível de exigência (componente física e de saúde), como nas mais duras provas de nível internacional.

Seguramente um grande passo para o nosso cavalo!

Categorias: Coudelarias, Notícias