Lagos: Autarquia impõe regras para evitar acidentes com cavalos à solta

Lagos: Autarquia impõe regras para evitar acidentes com cavalos à solta

A autarquia de Lagos vai impor regras apertadas e multas para evitar acidentes com cavalos à solta nas vias públicas. O novo regulamento está a ser elaborado e será votado, em reunião de câmara, no próximo mês.

No despacho em que a presidente de câmara, Joaquina Matos, determinou a elaboração do regulamento é referido que se verifica, “cada vez com mais frequência, situações de presença de equídeos que circulam ou se encontram na via pública sem que estejam sequer acompanhados dos respectivos donos”. Uma situação que coloca “em perigo todos os terceiros utilizadores dos mesmos espaços, nomeadamente condutores de veículos”, frisa a autarca.

Além disso, foram ainda constatados casos de “equídeos que se encontram em espaços privados mas sem qualquer tipo de aprisionamento que os impeça de se deslocar para a via pública”, refere Joaquina Matos.

Outro aspecto salientado no despacho da autarca é que “se constata também a existência frequente de carros de tração animal com cavalos em locais públicos, nomeadamente em cima de passeios públicos, quer colocando em risco todos os terceiros, quer danificando bens públicos”.

Joaquina Matos diz que “quem tem cavalos tem de cuidar deles”, pelo que, “se forem encontrados animais à solta, estes serão recolhidos” e os donos “terão de pagar multas”. Como a autarquia não tem condições para acolher os animais, será estabelecido um protocolo com uma instituição que possa garantir a sua recolha.

Categorias: Notícias, Sociedade