Disciplinas olímpicas e paralímpica retiradas do Europeu de Hipismo de 2021

Disciplinas olímpicas e paralímpica retiradas do Europeu de Hipismo de 2021

O Campeonato da Europa de Hipismo 2021 só terá disciplinas não-olímpicas. As provas de saltos de obstáculos, CCE, Dressage e Paradressage foram retiradas do programa da competição pela Federação Equestre Internacional, na sequencia do adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para o próximo ano.

Budapeste receberia cinco disciplinas, entre 23 de Agosto e 5 de Setembro de 2021: saltos, dressage, paradressage, atrelagem e volteio. Dada a proximidade do evento com as datas dos Jogos de Tóquio, a capital húngara só acolherá as disciplinas de atrelagem e volteio, que são não-olímpicas.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio realizam-se entre 23 de Julho e 8 de Agosto de 2021, enquanto os Jogos Paralímpicos ocorrem entre 24 de Agosto e 5 de Setembro do mesmo ano.

O Concurso Completo de Equitação (CCE) seria realizado num evento a parte no Haras du Pin, em França, entre 11 e 15 de Agosto de 2021. Assim, este campeonato foi cancelado.

“Juntamente com as comissões organizadoras de Budapeste e Haras du Pin, bem como as federações nacionais húngara e francesa, analisamos todas as opções possíveis para tentar salvar o campeonato em 2021”, disse a secretária geral da FEI, Sabrina Ibáñez.

“Mas chegamos à decisão de que simplesmente não é possível ter esses eventos importantes tão próximos dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do próximo ano.

“Embora existam alguns paises que tenham capacidade para enviar equipes fortes aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos e também para o Campeonato Europeu nas quatro disciplinas, devemos oferecer condições equitativas a todos os países elegíveis e simplesmente não podemos fazer isso. Assim, concordamos que o foco deve estar em Tóquio no próximo ano”, justificou Ibañez.

No final do próximo mês, o Conselho da FEI vai reunir através de videoconferência para discutir o futuro de seus próximos campeonatos, incluindo os Europeus de 2023, além de analisar medidas relacionadas com a pandemia do coronavírus.

Categorias: Internacional, Notícias