Centro para a Saúde Humana e Animal na Maia vai ter cirurgia de cavalos

Centro para a Saúde Humana e Animal na Maia vai ter cirurgia de cavalos

O Centro para a Saúde Humana e Animal que vai nascer na Maia, o primeiro com “vocação” no âmbito da saúde global, vai dispor de valências para cirurgia experimental e para cirurgia de cavalos.

“Os objectivos essenciais são destinados à investigação humana e animal, incluída num conceito de saúde global, que é um conceito transversal àquilo que é a saúde do ecossistema. Não é só a saúde dos animais, não é só humana, é da vida dos oceanos, da bio-sustentabilidade”, explicou esta quinta-feira à Lusa o director do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto (ICBAS), Henrique Cyirne Carvalho, antecipando a apresentação pública do projecto que decorrerá na terça-feira, às 15h00, na Câmara da Maia.

O Centro, “o primeiro com esta vocação”, nasceu da ideia de incorporar todas as valências actualmente existentes no ICBAS alinhando “hastes” com o que estar a ser feito a nível europeu na área da saúde global.

Nesse sentido, revelou Henrique Cyirne, na nova estrutura vai ser instalado um centro de cirurgia experimental, por forma a ir de encontro à metodologia usada mundialmente para promover a aprendizagem de médicos e veterinários, bem como uma estrutura para cirurgia de cavalos, que complementarão a investigação na área da saúde humana e animal que ali se pretende desenvolver.

“A nossa expectativa é que se traduza num benefício claro, com o conhecimento adquirido neste modelo de investigação a beneficiar não só a população em geral como o ecossistema e biodiversidade”, disse.