Alter International Horse Summit será de 14 a 16 de Maio e terá programa de topo

Alter International Horse Summit será de 14 a 16 de Maio e terá programa de topo

Com +20 entidades associadas e a apresentação de Anuário da Economia do Cavalo em Portugal (EY), Teresa Blazquez, Paulo Caetano, Pedro Ferraz da Costa ou Miguel Llorca são oradores já confirmados

Após o lançamento do Alter International Horse Summit – AIHS, uma iniciativa inovadora e inédita apresentada pela Câmara Municipal de Alter do Chão em abril de 2019, está agora fechada a data da sua realização: de 14 a 16 de maio 2020. Alter receberá alguns dos nomes mais sonantes e reconhecidos no panorama nacional e internacional do mundo equestre. O programa é intenso e abrangente, no qual se inclui o lançamento de dois projetos inéditos ligados ao empreendedorismo e investigação. Os bilhetes já se encontram à venda, com preços que oscilam entre os 60 e os 385 euros, dependo da tipologia de ingresso e do momento da compra.

Além da data, há já confirmação de vários oradores nacionais e internacionais. São disso exemplos a coordenadora do maior circuito hípico da Europa, Teresa Blazquez, o equitador e tratador Paulo Caetano, o criador Pedro Ferraz da Costa ou o especialista em medicina veterinária equina e presidente da Fundación Llorca de Medicina y Cirugía Equina de la Comunidad Valencia, Miguel Llorca, para além de várias figuras governamentais. Atualmente, já são mais de vinte as entidades associadas ao projeto. As mais recentes são a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Mexicana, a Câmara de Comércio e Indústria Suíça em Portugal, a Revista Equitação e a Universidade de Évora. Os novos parceiros vêm fortalecer e enriquecer a rede do AIHS enquanto plataforma única de ligação e promoção dos interesses do mundo equestre português e estrangeiro. Brevemente, mais novidades haverá a este nível tendo em conta que decorrem no presente conversações avançadas para novos acordos com parceiros internacionais.

“Será entre 14 e 16 de maio de 2020 que se materializarão os esforços de quase 2 anos de trabalho para preparar aquele que julgamos ser um dos projetos equestres mais inovadores da Europa. A nossa principal missão passa por valorizar o Cavalo, o nosso Concelho e o País, assim como todos aqueles que dedicam a sua vida a este mundo fascinante. E no que a este universo diz respeito, Alter, em particular, e o nosso país, em geral, têm ligações históricas e uma tradição que não queremos deixar de reconhecer e enaltecer. É por isso que investimos recursos vários e muito esforço para concretizar o Alter International Horse Summit da forma que achámos ser a ideal para marcar a diferença no panorama internacional equestre”, acrescenta Francisco Reis, Presidente da Câmara de Alter.

Durante os três dias de Summit estarão reunidos em Alter um número alargado de especialistas, stakeholders e representantes governamentais, nacionais e internacionais, para debater e aprofundar vários assuntos ligados ao universo equestre. As temáticas vão da Economia ao Desporto e Competição, incluindo também a Inovação Tecnológica e Empreendedorismo, Investigação, Saúde e Tratamento ou o Transporte e Controle entre países. Durante o encontro serão ainda apresentados dois projetos lançados pelo AIHS e que decorrerão ao longo do ano. O primeiro resulta da parceria com a Start Up Portugal e envolve um prémio destinado à rede de empreendedores nacional e internacional, o segundo acontecerá em conjunto com a Ordem dos Médicos Veterinários e a Universidade de Évora e tratará de apurar e premiar a investigação médico veterinária equina.

O Resumo do Programa

14 maio – Logo no primeiro dia será feita uma imersão no impacto socioeconómico do cavalo, tanto em Portugal como na Europa, que culminará na apresentação do primeiro Anuário da Economia do Cavalo em Portugal, trabalho a cargo da auditora EY. Haverá espaço para conhecer e debater o caso de estudo do maior circuito hípico da Europa, pela mão da sua mentora e gestora. O dia fechar-se-á com um debate sobre o contributo do Cavalo para as economias locais, momento que contará com a presença de vários autarcas do país onde eventos equestres marcam presença.

15 maio – Este dia estará dividido entre a componente desportiva e a tecnologia. No que à competição se refere, além dos apuramentos conseguidos para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 e resultados que têm colocado o Puro Sangue Lusitano e vários cavaleiros portugueses no topo de várias competições internacionais, aprofundar-se-á ainda um tema que preocupa toda a fileira: o controlo sanitário e a simplificação das Guias Internacionais. Integrado neste segundo dia está também um painel sobre empreendedorismo e inovação, que contará com empresas equestres de base tecnológica e representantes da FEI (Fédération Équestre Internationale), FEP (Federação Equestre Portuguesa) e Start Up Portugal. Atletas e treinadores de alto nível, empreendedores e especialistas, portugueses e estrangeiros, estarão no AIHS para debater o caminho a percorrer para chegar ao topo deste desporto fascinante.

16 maio – No último dia de Summit será a altura de falar da saúde do Cavalo pela voz de vários especialistas e investigadores de topo. Esses irão analisar assuntos como a evolução da reprodução equina, ortopedia e algumas enfermidades que preocupam criadores, tratadores, cavaleiros e treinadores, sejam elas o Herpes Vírus Equino, a Piroplasmose ou a Febre do Nilo. Será ainda revelado o projeto conjunto com a Ordem dos Médicos Veterinários e a Universidade de Évora, que premiará a investigação médico veterinária equina. O dia culmina com uma homenagem aos Cavaleiros portugueses apurados para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, seguido de um espetáculo da Escola Portuguesa de Arte Equestre.

Sobre o Alter International Horse Summit

O Alter International Horse Summit – AIHS – é um projeto com contornos únicos em Portugal e na Europa, que pretende debater temáticas ligadas ao Mundo Equestre, como seja o impacto socioeconómico do cavalo e seu potencial, o transporte e controlo da movimentação de cavalos entre países, a inovação tecnológica, os desafios da competição ou a evolução da medicina nesta área. Para tal, reunirá um número alargado de especialistas e stakeholders, nacionais e internacionais.

Esta iniciativa da Câmara Municipal de Alter do Chão conta com mais de duas dezenas de parceiros institucionais, associativos, media e viabilizadores, que desde o primeiro momento acreditaram no projeto e se juntaram ao mesmo. A sua principal missão passa por valorizar o Cavalo e Alter do Chão, assim como todos aqueles que dedicam a sua vida ao mundo equestre.

PR