Governo concessiona Coudelaria de Alter do Chão para hotel

Governo concessiona Coudelaria de Alter do Chão para hotel

O Governo vai concessionar alguns dos edifícios da secular Coudelaria de Alter do Chão com vista à criação de um hotel.

O objetivo, segundo o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, é potenciar o turismo naquela região, em particular o equestre.

“O investimento será privado, mas passa por mais do que isso. Passa por um compromisso do Turismo de Portugal para investimento na renovação das infraestruturas que estão à volta do que será o hotel”, disse o titular da pasta.

Caldeira Cabral adiantou que o Governo já tem conhecimento do “interesse de investidores privados” em desenvolver um projeto turístico naquele espaço, que é gerido desde 2013 pela Companhia das Lezírias, após a extinção e acumulação de prejuízos da Fundação Alter Real a partir de 2007, ano que marcou o fim do Serviço Nacional Coudélico.

O início do próximo ano pode significar o arranque definitivo deste projeto, mas para já não há nenhum calendário estabelecido.

Também a autarquia de Alter do Chão, liderada por Joviano Vitorino (PSD), já mostrou agrado com este anúncio, mas espera por dados mais concretos.

A Coudelaria de Alter do Chão, fundada em 1748 por D. João V, ocupa cerca de 300 hectares. Actualmente desenvolve trabalhos de seleção e melhoramento de cavalos Lusitanos e possui uma unidade clínica para o acompanhamento e tratamento médico dos animais, acolhendo, nas suas instalações, entre outras valências, o Laboratório de Genética Molecular e a Escola Profissional Agrícola de Alter do Chão. Tem cerca de 30 funcionários.

Fonte: CM

Categorias: Notícias, Sociedade