Tóquio2020: Rodrigo Torres e «Fogoso» conseguem excelente exibição na final (VÍDEO)

Tóquio2020: Rodrigo Torres e «Fogoso» conseguem excelente exibição na final (VÍDEO)

Torres Rodrigo, POR, Fogoso, 158 Olympic Games Tokyo 2021 © Hippo Foto - Dirk Caremans 28/07/2021

No Baji Koen Equestrian Park, o conjunto português terminou esta quarta-feira (28), a sua prova com uma espectacular prestação montando o Lusitano «Fogoso» no Grande Prémio Freestyle, prova decisiva para a atribuição das medalhas, com a pontuação “histórica” de 78,943%.

Com uma coreografia ritmada da autoria de Rui Pedro Godinho, com base na música dos Pink Floyd, este cavaleiro entrou em pista com um «Fogoso» descontraído, brilhando no trote, ladeares, passagens de mão e piáffés, terminando na 16ª posição, entre 18 cavaleiros de topo, a final individual.

“Foi um recorde, mais uma vez. Depois de ontem [na terça-feira], hoje outra vez. O Fogoso está a superar-se, está a mostrar que é muito mais do que podíamos imaginar. Ele ainda é novo e bater recordes, no maior palco do desporto mundial é impressionante”, afirmou o cavaleiro, em declarações à Lusa, elogiando o puro sangue lusitano criado na Coudelaria Torres Vaz Freire, logo após a prova.

A vencedora foi a alemã, Jessica von Bredow-Werndl (TSF Dalera) que conquistou o ouro com 91,732%, seguida da sua compatriota Isabell Werth (Bella Rose 2), com 89,657%. A britânica Charlotte Dujardim (Gio) recebeu o bronze (88,543%).

«Fogoso» provou agora nos J.O., uma autêntica montra mundial, que vale a pena apostar nas excecionais qualidades da raça Lusitana para a alta competição na Dressage, contribuindo decerto para uma maior procura internacional do nosso cavalo.

Tóquio 2020 ficará gravado na História do hipismo português.

Resultados GPF AQUI