Hino nacional consagra tricampeões do Mundo

Hino nacional consagra tricampeões do Mundo

A gala de solidariedade organizada ontem pela Academia Dressage Daniel Pinto e pela Academia Equestre João Cardiga, para recolher os fundos necessários para qualificar Portugal para os Jogos Paralímpicos de 2012, reuniu mais de mil pessoas na Arruda dos Vinhos e teve um desfecho inesperado, com uma homenagem ao som do hino nacional à equipa portuguesa de Equitação de Trabalho que acabara de sagrar-se tricampeã mundial em França.

A meio do espectáculo equestre e musical, os tricampeões do Mundo de Equitação de Trabalho chegaram directamente de Lyon para dar o seu contributo à causa de solidariedade e acabaram por ser chamados ao picadeiro para um justo reconhecimento de todo o público presente, que em uníssono cantou o hino nacional e congratulou Pedro Torres (Oxidado) – medalha de ouro individual –, Eduardo Almeida (Santo), Bruno Silva (Trovador) e Bruno Pica da Conceição (Trinco).

O outro momento alto da noite aconteceu minutos antes quando Daniel Pinto, cavaleiro olímpico e anfitrião da festa, e Sara Duarte, uma das atletas paralímpicas que luta para defender as cores de Portugal nos Jogos Paralímpicos do próximo ano, receberam a chama olímpica e simbolicamente acenderam o fogo que todos acreditam vai iluminar a caminhada solidária que a Academia Dressage Daniel Pinto e a Academia Equestre João Cardiga estão a promover.

A equipa portuguesa é composta pela heptacampeã nacional de Paradressage, Sara Duarte, 5.ª classificada nos Jogos Paralímpicos de Pequim, em 2008 – o melhor resultado de sempre de Portugal –; pela bi-campeã de Paradressage 2004 e campeã nacional de Paradressage 2010 (grau IV), Maria Quinta; e pela vencedora da Taça de Portugal de Paradressage 2009 e de seis Concursos Nacionais de Dressage em 2010, Ana Mota Veiga.

As três atletas já garantiram a qualificação individual para Londres, estando agora empenhadas em assegurar uma presença colectiva para Portugal, precisando para isso de reunir fundos que permitam a organização do Campeonato Internacional de Paradressage, agendado para Portugal de 2 a 4 de Dezembro, e as ajudem a deslocarem-se ao Internacional de Barcelona, marcado para Janeiro de 2012.

“Foi uma honra receber aqui na academia um evento desta natureza, ainda por cima com o privilégio de poder homenagear os nossos tricampeões de Equitação de Trabalho. Agradecemos a todos quantos nos ajudaram e estamos orgulhosos por esta noite. Mas, acima de tudo, continuamos empenhados em reunir as condições mínimas para proporcionar a todos os atletas portugueses a oportunidade de se qualificarem para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2012”, afirmou Daniel Pinto no final do evento.

Foram muitas as figuras públicas que ontem marcaram presença no jantar de solidariedade e que assistiram ao espectáculo, entre elas, Maria Pais do Amaral, Duarte Nobre Guedes, Jorge Ortigão Costa, Diogo Lima Mayer, Luís e Piedade Pidwell, Ricardo Sá Pinto, Nuno Delgado e Bibá Pitta. Quem também fez questão de estar presente foi a tetracampeã Marina Frutuoso de Melo, que há semanas se tornou na primeira amazona a vencer quatro vezes o Campeonato de Portugal do Cavaleiro de Obstáculos.

Categorias: Notícias, Sociedade