O Auxiliar de Veterinária de Equinos é muito mais que um simples auxiliar de veterinária

O Auxiliar de Veterinária de Equinos é muito mais que um simples auxiliar de veterinária

No dia-a-dia de um centro hípico ou coudelaria existem sempre situações em que os cavalos necessitam de cuidados veterinários; muitas destas intervenções não necessitam de ser realizadas pelo veterinário, mas necessitam de um conhecimento mais aprofundado para que não sejam cometidos erros.

A utilização do cavalo em Portugal tem vindo a ser cada vez maior e envolvendo mais e maiores investimentos. Com esta evolução positiva, o cavalo passou de ser um animal para ser um “atleta”, cujas necessidades precisam de ser acauteladas. Hoje em dia a Medicina veterinária de Equinos tem tido avanços bastante significativos, mas continuam a observar-se dificuldades no acompanhamento de algumas patologias. Estas dificuldades prendem-se por não haver formação específica na área para quem trata e treina cavalos, que não conseguem fazer alguns tratamentos básicos ou mesmo comunicar com o Médico Veterinário de forma assertiva e concisa.

É de extrema importância saber identificar uma série de sinais clínicos, por exemplo, num episódio de cólica, a probabilidade de sucesso está inteiramente relacionada à perceção antecipada e precoce com que é detetada. A mesma situação se põe quando falamos de uma claudicação ou baixa de performance física.

Muitas vezes não se consegue compreender com exatidão os pequenos sinais de dor ou desconforto que o cavalo transmite, confundindo com falta de vontade de trabalhar. A identificação precoce destes sinais é essencial para que não haja paragens prolongadas no trabalho ou evolução negativa de patologias que irão certamente acarretar perdas económicas elevadas.

A Master D tem agora o curso de  Auxiliar de Veterinária de Equinos, que visa formar todos os interessados em ficar habilitados a prestar cuidados de saúde a cavalos.

É uma formação complementar de extrema importância para todos os profissionais que contactam diariamente com cavalos, sejam cavaleiros, treinadores, tratadores ou cuidadores de cavalos, entre outros que queiram aprender mais sobre cavalos de modo a conseguir seguir a sua vida profissional por esta área tão nobre e saudável.

O Auxiliar de Veterinário de Equinos trabalha em constante comunicação com o Médico Veterinário, seja presencialmente ou a distância, transmitindo com exatidão todos os sinais que o cavalo apresenta.

De entre as várias temáticas abordadas, ficará a:

• Conhecer as principais raças de equinos, segundo as características de porte, traços e apetências, bem como as disciplinas hípicas em que se incluem.
• Compreender as necessidades nutricionais dos cavalos.
• Conhecer a anatomia dos equinos e as suas patologias mais comuns.
• Conseguir transmitir ao médico veterinário, com exatidão, qual o estado e situação em que o cavalo se encontra com vista a agilizar todo o processo de ação do médico veterinário bem como o bem-estar no cavalo.
• Compreender o ciclo reprodutivo dos equinos.
• Identificar e conhecer os cuidados básicos a aplicar ao cavalo, de modo a auxiliar o Médico Veterinário nas tarefas de prevenção, assistência e cuidado dos animais.
• Aprender os principais meios/técnicas de contenção de equinos.
• Conhecer os principais instrumentos e meios tecnológicos de diagnóstico por imagem, assim como a sua pertinência e técnicas de aplicação.
• Identificar os medicamentos que, com maior frequência, se utilizam na prática veterinária, os seus efeitos terapêuticos e as suas vias de administração.
• Conhecer as técnicas laboratoriais de análise e recolha de amostras biológicas.
• Aprender como se auxilia o Médico Veterinário antes, durante e após uma cirurgia.

A formação é composta por uma componente teórica e uma componente prática, realizada em coudelarias e centros hípicos, sendo ministrada pelo Dr. João de Amorim Salgueiro, Médico Veterinário e formador da Master D para a área de Cuidado e Bem-estar Animal.

Categorias: Actualidade, Artigos