Cavalos de Baloiço

Cavalos de Baloiço

Cavalos de Baloiço são originários do século XVII e eram brinquedos caros acessíveis apenas aos mais ricos até ao século XIX, quando se tornaram mais acessíveis.

Os primeiros cavalos de baloiço eram formados por duas peças semi-circulares de madeira com um assento fixado entre elas, uma cabeça de cavalo em madeira maciça na frente e um contrapeso nas costas. Depressa apareceu uma forma mais reconhecível, com um cavalo mais realista colocado numa plataforma montada num arco, como uma cadeira de baloice. Nos finais do século XVIII, estes cavalos tenderam a ter um aspecto de galopar e as pernas eram presas directamente aos extremos do arco, tendo a plataforma sido eliminada.

O único problema era que estas montadas poderiam deitar ao chão um cavaleiro júnior mais atrevido; assim, a partir dos anos 80 foi sendo fabricado o cavalete, no qual o cavalo era fixo para balançar, embora a forma tradicional continuasse a ser feita.Alguns cavalos de baloiço eram pintados – usualmente com variedade de manchas – e outros deixados com a cor natural de madeira e muitos tinham crinas de cavalo verdadeiras. Ocasionalmente, estes cavalos eram cobertos de pele de pónei para lhes dar um ar mais real.

Os arreios e a sela eram habitualmente feitos de cabedal e eram a versão em ponto pequeno dos verdadeiros.

Como qualquer antiguidade ou artigo de colecção, o seu valor aumenta se estiver associado a alguém famoso. Este cavalo, montado num baloiço, foi uma das primeiras montadas da Princesa Ana de Inglaterra, que já competiu em Jogos Olímpicos representando o seu país.

Categorias: Arte, Artigos