Golegã recebeu IX prova de Atrelagem de Tradição

Golegã recebeu IX prova de Atrelagem de Tradição

A pequena vila do Distrito de Santarém “vestiu-se” com pompa e circunstância para receber o IX CIAT de Outono – Concurso Internacional de Atrelagem de Tradição e a Final do Troféu Ibérico.

O pretexto perfeito para que saíssem à rua cavalos, coches, carruagens e carros antigos e de colecção que fazem parte do imaginário de todos nós. Esta prova destinada na vertente equestre à valorização de carros de cavalos antigos tem como principal objectivo manter estes veículos, que constituem património histórico, em utilização activa.

A prova foi motivo de convívio entre portugueses e espanhóis, já que são estes dois povos os grandes participantes da modalidade. Sem rivalidades, a festa começou no dia 7 de Outubro quando os concorrentes se reuniram no Centro de Alto Rendimento Hippus, Golegã, numa recepção de boas-vindas.

A prova de Atrelagem de Tradição, que é já uma referência no panorama internacional, teve a sua apresentação no Largo da Imaculada Conceição (Igreja Matriz) seguido de um trajecto pré-marcado de 12 quilómetros pelo campo e ruas da Golegã, com 5 obstáculos nas ruas e nas quintas de Santo António e do Salvador que tiveram que ser superados com mestria, engenho e elegância, usando – consoante as regras – a condução com uma só mão num trajecto pré-marcado e recuar ou imobilizar numa pendente sem a ajuda de travões. A prova terminou no largo do Arneiro onde se realizou a prova de cones.

Os troféus dividiram-se nas seguintes categorias: classe de cavalo 1, parelhas e 4 cavalos, sendo que ainda estava em competição a final do troféu Ibérico para estas categorias.

Na Classe de 1 Cavalo (e também de Parelha de Póneis) foi vencedor o jovem António Repullo del Pino (ESP), seguido de Elizabet Planas Cano (ESP) e em 3º Vasco Lima (POR). Em Parelhas venceu José Varo, da Yeguada Francisco Olivera (ESP), seguido de Ricardo Baptista (POR) e de Victor Frias (POR).

Com 3 ao Tronco o vencedor foi Jacint Planas Ros (ESP) com uma pontuação que lhe permitiu tornar-se no vencedor absoluto do CIAT da Golegã. Em Unicórnio o vencedor foi Joaquin Gasset (ESP) e a 4 Cavalos venceu Antonio Repullo Anaya (ESP) seguido de Carlos Apolinário (POR). Em Coach destacou-se Gregorio Aranda Lamas que tem marcado presença todos os anos neste concurso que é já considerado um dos melhores da Europa, pelo excelente nível dos participantes e pelo ambiente vivido numa excelente organização da Feira Nacional do Cavalo com o grande envolvimento da APA.

Os vencedores da Taça Ibérica, disputada em duas mãos em Sevilha e Golegã, foram Antonio Repullo del Pino (1 Cavalo e Parelha de Póneis), José Varo Garrido (Parelhas), Jacint Planas (3 ao Tronco), Antonio Repullo Anaya (4 Cavalos) e Gregorio Aranda Lamas (Coach).

Foram Juízes José Juan Morales (ESP), Enrique Móran (ESP), Martin de Beck (POR) e Eduardo Cruz (POR).

No fim do dia, terminou-se a festa com um Jantar de Gala onde foram distribuídos os prémios.

Foto: Vasco Lima (POR)

Galeria fotográfica AQUI

Resultados Geral AQUI
Classificação Troféu Ibérico

Categorias: Atrelagem, Notícias