Vasco Mira Godinho conquista a Taça de Portugal de Equitação de Trabalho

Vasco Mira Godinho conquista a Taça de Portugal de Equitação de Trabalho

Vasco Mira Godinho / Diospira

O sol de Novembro, talvez a antever um excelente São Martinho, deu as boas vindas aos milhares de pessoas que voltaram a encher o Largo da Feira. Depois das provas equestres que aguçam sempre a curiosidade dos visitantes que ocorrem à Golegã pela primeira vez, o ponto alto do dia foi a inauguração da Academia Nacional de Atrelagem “Madalena Sacadura-Botte Abecassis”, na ANTE – Associação Nacional de Turismo Equestre. A Capital do Cavalo fica assim com mais uma variante de ensino na arte equestre. José Canelas, presidente da Associação Portuguesa de Atrelagem (APA) abriu a cerimónia dizendo que se trata de um grande dia para a atrelagem. Este projecto resulta de uma parceria entre a Federação Equestre Portuguesa (FEP) e a ANTE e tem como objectivo cativar jovens para a prática da modalidade. Luís Moura, presidente da Federação Equestre Portuguesa agradeceu a disponibilidade da APA e da ANTE para a promoção da disciplina e elogiou Madalena Abecassis, “um nome que não se pode dissociar da promoção da atrelagem em Portugal”. Terminou disponibilizando o apoio da FEP “até onde seja necessário”.

Legenda (E-D) Dr. José Veiga Maltez, Luís Manuel Moura e Engº José Canelas e D. Madalena Abecassis. Foto (c) Nuno Matos

Por seu lado, Veiga Maltez, presidente da Câmara Municipal da Golegã e da Feira Nacional do Cavalo mostrou-se agradecido pelo apoio prometido pela FEP e honrado pela escolha da Golegã para a instalação da Academia, “um sítio onde se irá ministrar arte e conhecimento”.

Terminou elogiando também Madalena Abecassis: “As pessoas que sabem, é que devem estar nos sítios certos. Para saber mandar, é preciso saber fazer. Agradeço o seu perfil e empenho”.

Por último, Madalena Abecassis sentiu-se honrada com a homenagem e deixou um desejo: “Espero que esta Academia entusiasme os jovens”. Aproveitou ainda para agradecer a vinda de três atletas brasileiros – Eduardo Schonburg, Milene Cavalcante e Ângela Schonburg – para desenvolverem as suas capacidades junto da atrelagem nacional, tendo começado por participar nas provas da FNC deste ano.

Quanto a provas desportivas que decorreram no Arneiro, Vasco Mira Godinho montando Diospira propriedade da Coudelaria Casal dos Rios, conquistou a Taça de Portugal de Equitação de Trabalho no Escalão Masters, nos Consagrados venceu Gilberto Filipe Lopes Silva com Assuão, no escalão Sub-20 o vencedor foi Roberto Dias Silva com Zagreb, Margarida Costa com Elbano foi a vencedor no escalão Sub-16 e por último no escalão debutantes venceu Gilberto Filipe Lopes Silva com Emdiabrado.

O Hippos recebeu Concurso Nacional Especial de Saltos de Obstáculos e na Quinta da Labruja decorreu a Taça de Portugal de TREC – MA (Medição de Andamentos) e PTV (Percurso em terreno variado). No arneiro teve lugar também a Prova de Cones do Concurso de Atrelagem Nacional 2*.

Programa de 7 DE NOVEMBRO (TERÇA-FEIRA)

HIPPOS – GOLEGÃ – CENTRO DE ALTO RENDIMENTO DE DESPORTOS EQUESTRES

09h00 Concurso de Dressage Nacional – Prova P2, E2 e M2
15h00 Concurso de Dressage Nacional – Prova C2, S. Jorge e Intermediária A

Resultados – Equitação de Trabalho

Resultados – Atrelagem

PROGRAMA AQUI