Tóquio 2020 apresenta a sua tocha olímpica inspirada na flor da cerejeira

Tóquio 2020 apresenta a sua tocha olímpica inspirada na flor da cerejeira

A organização dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 apresentou na passada quarta-feira (20) o desenho da sua tocha olímpica, que está inspirado na flor da cerejeira, e o seu percurso pelo Japão irá coincidir com o florescer desta icónica árvore.

O comité organizador revelou o aspecto que a tocha terá num ato realizado em Tóquio, quando falta exactamente um ano para que a chama olímpica comece o seu trajecto pelo Japão vinda da Grécia.

A tocha tem uma extensão de 71 centímetros, um peso de 1,2 quilos e é feita em alumínio reciclado, vindo em parte dos alojamentos temporários construídos para os afectados pelo terremoto e o tsunami de 2011.

A abertura superior da tocha que vai alojar a chama simboliza as cinco pétalas características da flor da cerejeira e os cinco anéis olímpicos, e também evoca o lema oficial eleito para a mudança de mãos (“A esperança ilumina o nosso caminho”), segundo explicou a organização no ato de apresentação.

Tanto o desenho da tocha como o percurso que fará pelo Japão até ao acender da pira foram concebidos com a ideia de ressaltar a mensagem de esperança para as regiões do país que foram mais castigadas pela catástrofe natural de 2011.

A chama olímpica será acesa na Grécia a 12 de Março de 2020 e chegará a 20 Março à cidade japonesa de Matsushima, na província de Miyagi (nordeste), uma das mais castigadas pelo desastre, que deixou mais de 18.000 falecidos e desaparecidos, onde vai permanecer exposta até ao dia 21.

Depois vai fazer um percurso de 121 dias pelas 47 províncias do arquipélago antes do acender da pira, numas datas que se espera que coincidam com o florescer das cerejeiras no Japão, segundo o programa da organização.

Os Jogos Olímpicos acontecem na capital japonesa de 24 de Julho a 9 agosto de 2020, e os Paralímpicos entre 25 de Agosto e 6 de Setembro.