Vilamoura Champions Tour 2018: António Matos Almeida entra a ganhar

Vilamoura Champions Tour 2018: António Matos Almeida entra a ganhar

António Matos Almeida / Irene Van de Kwachthoeve. Foto de arquivo Hajdu Krisztina

Foi sob um sol esplendoroso e temperaturas amenas, que esta quinta-feira começou a 5ª edição do Vilamoura Champions Tour no Clube Hípico de Vilamoura, cujas primeiras quatro semanas são de categoria três estrelas (CSI3*) e as duas seguintes de duas estrelas (CSI2*). Durante as seis semanas de competição serão atribuídos mais de 772 mil euros em prize money.

As três provas da jornada inaugural foram disputadas ao cronómetro com percursos desenhados pelo italiano Elio Travagliati.

O cavaleiro português, António Matos Almeida, brilhou ao vencer a prova grande e a prova pequena com as éguas, Irene van de Kwachthoeve e Ulena Mail respectivamente.

Montando a égua belga, Irene van de Kwachthoeve (Griseldi x Tresor D´Opaline) de 10 anos, António Matos Almeida ganhou a prova grande (1,45m) pontuável para o ranking mundial Longines. Este conjunto registou o melhor tempo (58,57s) dos 20 conjuntos que terminaram sem faltas. O americano Taylor Alexander foi segundo classificado com o garanhão SF Ryanair de Riverland (Quick Star x Papillon Rouge) de 13 anos (58,91s) enquanto a sua compatriota, a olímpica Laura Kraut com o Holstein Deauville S (Diamant de Semilly x Lux Z), ocupou o terceiro lugar (59,54s). Laura Kraut que disputou recentemente os Jogos Equestres Mundiais de Tryon, foi medalha de ouro por equipas, tendo alcançado um excelente 10º lugar na final individual do mundial com Zeremonie.

A britânica Emma Stoker, uma habitué no circuito de Vilamoura, somou o seu primeiro triunfo com a égua Hanoveriana Townhead Annie (Contendro I x For Pleasure) na prova média (1,40m) (56,41s). Na segunda e terceira posições ficaram classificados os irlandeses Harry Marshall (Chirokko M) e Dermot Lennon (Vampire). Ficaram ainda classificados entre os dez primeiros, os portugueses Francisco Rocha em 6º lugar com Balto de La Pomme e António Matos Almeida em 10º com Serko de La Brosse. Dos 40 conjuntos que alinharam apenas 16 terminaram com zero pontos.

O triunfo na prova pequena (1,35m) que foi muito disputada pertenceu a Antonio Matos Almeida com Ulena Mail (55,93s). O irlandês Michael Pender foi segundo classificado com Dome Van Overis Z (56,60s) enquanto o cavaleiro húngaro, László Tóth, ocupou o terceiro lugar com Qualine (57,11s). Francisco Rocha ficou às portas do pódio em 4º lugar com C Berriz Z (57,48s).

Resultados completos AQUI