Romaria aproxima Golegã e Alvaiázere

Romaria aproxima Golegã e Alvaiázere

Dr. Veiga Maltez e Célia Margarida Gomes Marques. Foto (c) Nuno Matos

A segunda jornada da ExpoÉgua ficou marcado pela 18ª Romaria a São Martinho que este ano contou com a participação de uma comitiva de Alvaiázere liderada por Célia Marques, presidente da Câmara Municipal e membro da Associação Cavaleiros da Ordem do Chícharo.

O convite vem cimentar a ideia conjunta para a geminação entre a Golegã e aquele município de Terras de Sicó, de onde vieram cerca de 20 cavaleiros da Ordem do Chícharo, trazendo Nossa Senhora de Fátima, como sua Patrona.

Assim, cerca de 120 cavaleiros e 30 atrelagens liderados pelos representantes das colectividades do concelho da Golegã, partiram do Largo do Arneiro para a Igreja Matriz onde teve lugar a celebração religiosa e a entronização de 11 novos romeiros: Vítor Manuel da Silva Rodrigues, Célia Margarida Gomes Marques, António Pires Cardoso, Soraia Santiago Costa, Sylvain Massa, Isabel Nicole Hutter, Fernando Domingos Ataide Vaz, Maria Pires Jordans Ferreira Lobo Vasconcelos, Isabel Maria de Sousa Holstein e Francisco José Braamcamp Lobo Vasconcellos e Célia Marques. Por seu lado, Bernardo de Vasconcellos e Sousa recebeu o bastão de Romeiro-Mestre 2019.

A seguir, o cortejo seguiu para entrada da vila (sentido Riachos-Golegã) para conhecer a Torre D. Manuel I, recentemente erigida e que assinala o início das comemorações dos 500 anos do Foral concedido à Golegã, em 1520, pelo rei que ficou conhecido como “O Venturoso”.

Depois da passagem pelos campos verdejantes (hoje solarengos, mas ventosos) e de uma paragem na Quinta da Labruja, o cortejo dirigiu-se ao Largo do Arneiro onde teve lugar o almoço de confraternização e onde decorreu o concurso Masterchef, que irá ser transmitido na TVI.

Da parte do programa de sexta-feira, fez parte a abertura da Prova de Vinhos do Tejo, junto ao Picadeiro Lusitanus, com a participação da Adega do Cartaxo, Quinta da Atela, Casal das Freiras, Quinta da Ribeirinha, Casal do Conde, Vinhos Franco, Quinta da Lagoalva, Lambéria´s, Quinta dos Filipes e Zé da Leonor.

Ao longo do dia decorreu a prova de saltos de obstáculos e a prova de cross da III Jornada do Campeonato Nacional Inter Escolar de Equitação. A classificação final deste campeonato ficou assim ordenada: 1º EPDRA – Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes, 2º EPADRAC – Escola Agrária de Desenvolvimento Rural de Alter do Chão, 3º Colégio Militar, 4º EPAMAC – Escola Profissional de Agricultura de Marco de Canaveses 5º Mouriscos – Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes.

Já no picadeiro central decorreu a prova de Ensino do Campeonato Nacional de Equitação de Trabalho com 42 conjuntos.

Resultados – Equitação de Trabalho