Rio2016: Presidente da FEI decepcionado com obras no Rio

Rio2016: Presidente da FEI decepcionado com obras no Rio

A menos de seis meses da cerimónia de abertura das Olimpíadas, uma das obras que mais preocupam é a do Complexo de Deodoro, onde serão realizadas as provas hipicas. O presidente da Federação Equestre Internacional (FEI), o belga Ingmar de Vos, afirmou nesta terça-feira, em entrevista ao site insidethegames, que está preocupado com as obras.

“Tinha duas preocupações. Um era sobre a falta de um contrato para a construção e outro sobre o prazo de conclusão. A chegada dos cavalos está prevista para o dia 29 de Julho e estamos desapontados que a estrutura não está pronta. Isto teria que ter sido feito antes do evento-teste. Mas temos que ser realistas e entender a situação e o contexto da crise económica”, disse o dirigente.

Apesar do atraso, o Comité Organizador minimiza o problema, e afirma que tudo estará entregue dentro do prazo estipulado. Há três semanas, a prefeitura do Rio de Janeiro rescindiu o contrato de renovação do Complexo de Deodoro. Apesar da garantia do Comité, Igmar de Vos afirma, “O C.O. assegurou-nos que um novo contrato foi assinado com outra empresa, mas estamos preocupados e continuaremos a monitorizar de perto a situação”.

O Complexo de Deodoro recebeu o evento-teste (CCE) para os Jogos Olímpicos em Agosto do ano passado. Na ocasião, a maior preocupação era com a ameaça de mormo (doença infecto-contagiosa em equinos). O Concurso Completo de Equitação, foi disputado apenas por 11 participantes brasileiros e com a pista de cross incompleta.

Categorias: Internacional, Notícias