Polémica em França com a aquisição de Conterno Grande

Polémica em França com a aquisição de Conterno Grande

Com treze anos de idade, Conterno Grande vai pôr termo à sua carreira desportiva e segue para França apenas alguns meses depois de um dos outros filhos de Contender, propriedade de Marco Kutscher, de nome Controe.

O irmão materno de Couleur Rubin foi adquirido pela Coudelaria Nacional Francesa pela soma de 330.000 euros e já se encontra no Haras des Bréviaires.

Com ele, chegou também Paramo K (por Polydor e Der Clou), vencedor de Grande Prémio e de Taças das Nações sob as selas de Franke Sloothaak, Albert Voorn, Jessica Kuerten e, finalmente, Joachim Heyer, de 1999 a 2005. Paramo K, no entanto, ficará sedeado na Bretanha.

POLÉMICA EM FRANÇA COM A COMPRA DESTES DOIS GARANHÕES

Quando no início de Março, a Coudelaria Nacional Francesa, anunciou a aquisição de Conterno Grande pelo preço de 330 mil euros, os franceses insurgiram-se, reclamando que o preço pago por este garanhão foi quatro vezes superior ao valor dele no mercado, e que nenhum beneficio traria para os criadores franceses, já que o preço que pedem pelas cobrições é o mesmo que pedia o seu anterior proprietário.

Qual é o benefício destas aquisições, perguntam os criadores franceses?

O caso está a provocar alguma celeuma em França e já se questiona o profissionalismo dos compradores e a sua honestidade…

Categorias: Coudelarias, Notícias