Pénélope Leprévost experimentou “Torrão”

Pénélope Leprévost experimentou “Torrão”

A cavaleira francesa de saltos de obstáculos Pénélope Leprévost, terceira classificada no Grande Prémio de Chantilly, tal como Edwina Alexander, também teve o prazer de montar o garanhão Lusitano de 11 anos, “Torrão”, um filho do Opus 72, durante a sétima etapa do Global Champions Tour.

Torrão foi vendido por João Lopes Aleixo em 2008, ao Museu Vivo do Cavalo em Chantilly.

À semelhança do Lusitano Xerife, Torrão integra os espectáculos de Alta Escola do museu.

Categories: Notícias, Sociedade