O acender do Madeiro em Penha Garcia

O acender do Madeiro em Penha Garcia

Mais um ano que se cumpriu a tradição, o acender do Madeiro no Sobreiral em Penha Garcia.

Um dos momentos mais bonitos da noite de Natal nas terras do nordeste de Portugal é o acender do Madeiro. O Madeiro é uma fogueira enorme que os rapazes da terra constroem ao lado da Igreja. Tão grande que apesar do frio da noite mantém-se aceso pelos dias que se seguem. Diz a tradição que esta fogueira é para aquecer o menino Jesus e por isso se acende à meia-noite do dia 24 de Dezembro ao tocar das doze badaladas. É precisamente nesta altura que ao redor do calor do Madeiro se trocam os presentes com os amigos e amigas enquanto os mais velhos confraternizam. Um momento em que a reunião familiar se estende à reunião da aldeia ou vila. Um momento verdadeiramente mágico!
Como é habitual estava imensa gente e as novas tecnologias permitiram estar em directo para a Alemanha via internet. É sempre um acontecimento que junta as pessoas da Aldeia em clima de Festa e com um grande espirito de Natal porque a altura do ano assim o exige.

É da responsabilidade dos Jovens que vão à inspecção para a tropa a colocação do Madeiro em dois pontos da Aldeia, um nas Portas da Vila, na zona antiga de Penha Garcia e outro no Sobreiral, devem os Madeiros estar a arder até ao início do ano.

Por estes dias fazem-se alguns petiscos e passam-se horas à conversa junto ao Madeiro.