Nelson Pessoa – “Neco” consultor da Confederação Brasileira de Hipismo

Nelson Pessoa – “Neco” consultor da Confederação Brasileira de Hipismo

A Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) instituiu um Conselho Técnico para a gestão 2021 a 2024. Nelson Pessoa Filho, mais conhecido como Neco, sem dúvida, um dos ícones máximos na história do hipismo mundial como cavaleiro e treinador, aceitou o convite de consultor da CBH e lamenta a polémica em torno da eleição que em 29 de Janeiro de 2021 elegeu Francisco Mari, presidente.

“Eu já tinha recebido esse convite há bastante tempo na gestão anterior de Ronaldo Bittencourt“, conta Neco. “Eu lamento muito a polémica actual em torno da eleição, que está prejudicando o nosso desporto. Pessoalmente, apoio a gestão do Francisco Mari e não tenho motivos para não colaborar, considerando ainda que eu já tinha esse compromisso anteriormente. Na minha carreira sempre me mantive à parte da política, o meu lado é dos cavalos e consequentemente das competições. Lidei com muitos presidentes e nunca vi nada semelhante na CBH”, afirmou o experiente homem de cavalos, referindo-se ao conturbado processo eleitoral.

“Se eu puder dar um conselho a quem me pedir estou à disposição. Espero que a situação política seja resolvida em breve, na justiça desportiva ou civil. A “moda western” não funciona”, complementa Neco, que reside na Bélgica.

A diretoria da CBH na gestão 2021/2024 com Francisco José Mari, o presidente, e João Loyo de Meira Lins, vice também definiu boa parte do quadro de directores. Na modalidade Saltos, Pedro Paulo Lacerda e Phillippe Guerdat (FRA)- que lideraram a conquista do hexacampeonato da equipa brasileira no Pan de Lima 2019 carimbando o passaporte para Tóquio – seguem, respectivamente, como diretor e técnico. O cavaleiro top de Minas Gerais Rodrigo Sarmento assumiu a direcção técnica da entidade.

Sobre Nelson Pessoa

Neco nasceu no Rio de Janeiro em 1935, onde iniciou a sólida e bem sucedida carreira no hipismo. Em 1961 mudou-se para a Europa. Disputou cinco Olimpíadas em 1956, 1964, 1968, 1972 e 1992. Nos Jogos de Tóquio 1964 garantiu o 5º lugar individual. No Pan de Winnipeg integrou a equipa brasileira que conquistou a primeira medalha de ouro e também a medalha de prata individual. Foi campeão europeu, quatro vezes campeão brasileiro, sete vezes campeão (recorde de vitórias) do Derby de Hamburgo, tricampeão do Derby de Hickstead e vencedor de aproximadamente 150 GP’s na Europa.

Atualmente com 85 anos, Neco segue trabalhando como treinador e preparador de cavaleiros e equipas de alto nível. Há três anos, que Neco treina a equipa de Concurso Completo de Equitação da Austrália e ainda a equipa do Haras Império Egípcio na Europa, mais especificamente o cavaleiro Francisco Musa, que integra a lista de candidatos a um lugar na equipa brasileira de Salto aos Jogos Olímpicos de Tóquio. Em Abril de 2020, numa justa homenagem, Neco passou a integrar o Hall da Fama do Comitê Olímpico do Brasil (COB).