Miguel Catela sagra-se campeão nacional de CCE em Rio Frio

Miguel Catela sagra-se campeão nacional de CCE em Rio Frio

Miguel Catela / Dali Equigenne. Foto (c) João Pinto

Determinou o sorteio da ordem de entrada que Miguel Catela, cavaleiro profissional sediado em Inglaterra e que montou Dali Equigenne, produto de criação nacional – Team Equigenne, João Marquilhas e João Maria Marquilhas – (filho de Coltaire Z) e propriedade do seu irmão e cunhada fosse o primeiro de 11 concorrentes ao título de Campeão Nacional de CCE 2017 a realizar a reprise de Ensino e o percurso de Obstáculos.

Este conjunto viria a ser o menos penalizado no teste de Ensino e no percurso de Obstáculos, liderando a competição até à sua consagração como Campeão Nacional de CCE de 2017, sucedendo a Pedro Duarte Mariano e Muriel de Belene.

Joaquim Grave, cavaleiro ainda Júnior e que optou por disputar o título do escalão Sénior, montou Formiga, égua de 7 anos criada pela família Grave arrecadando a medalha de Prata.
O conjunto Vice-Campeão nacional havia participado no passado Julho, em Milstreet, Irlanda, no Campeonato da Europa de Juniores, tendo terminado na 33ª posição.

A medalha de Bronze foi entregue a Franscisco Stilwell que montou Super de Fôja, criação da Coudelaria de Fôja e que termina desta forma – medalha de bronze – uma longa carreira de competição internacional (em CCE e Obstáculos!) sob a monte, para além de Francisco (Kiko), da sua irmã Matilde, Francisco Seabra e de Manuel Grave.

Ao longo da carreira, Super participou com 7 anos no Campeonato do Mundo de Cavalos Novos e em 5 Campeonatos da Europa e entre os prémios ganhos destacam-se 6 medalhas em Campeonatos Nacionais.

De notar que Diogo Campilho e Centauro da Lagoalva – conjunto 4º classificado neste Campeonato – penalizaram apenas mais 0,5 pontos que o conjunto medalha de bronze.

Joaquim Grave, Miguel Catela e Francisco Stilwell. Foto (c) José Augusto Ramos Rocha

Jovens Cavaleiros

Madalena Viegas de Almeida e Ultimato de Fiuza foi o único conjunto a disputar o título nacional deste escalão pelo que foi a única a subir ao pódio para receber a Medalha respeitante ao título de Campeã Nacional de CCE – Jovens Cavaleiros 2017.

Juniores

A primeira ordem de entrada do Campeonato de Juniores contava com 4 conjuntos. Porém, apenas José Carlos Costa, aluno do curso de Gestão Equina da Escola Profissional do Marco de Canavezes, montando Facial viria a terminar esta competição. Este conjunto contou com o forte apoio dos seus colegas e professores, todos eles grandes entusiastas desta disciplina.

CNC

No sábado, decorreu ainda um CNC sobre os níveis Iniciação, Preliminar e 1 Estrela.

Em 3º lugar do nível Iniciação ficou o Tenente David Lino Baptista com Feiticeira de Mafra, em 2º, o Guarda Principal Filipe Luís  / Hercules, tendo-se sagrado vencedora Inês Godinho / Elvas que, realizando a sua primeira prova desta disciplina, terminou a competição com a penalização do Ensino.

O nível Preliminar foi o mais concorrido (11 conjuntos) e foi Jorge Marecos Duarte –apresentou-se em pista com 2 cavalos – quem viria a vencer com Quitch de la Vallée. O conjunto 2º classificado foi o Guarda Principal Bruno Filipe  / Bailarina e em 3º ficou Gina Frost / Zelia.

No nível 1 Estrela, nenhum dos dois conjuntos inscritos e que realizaram a prova de Obstáculos conseguiu terminar a prova.

Os próximos concursos desta disciplina a decorrer na Herdade de Rio Frio estão agendados para os dias 3 e 17 de Fevereiro de 2018.

Fonte: Tito Barros Caldeira

Confira os resultados AQUI