Jóquei Luso em oitavo em Espanha

Jóquei Luso em oitavo em Espanha

O barro voltou a ser o protagonista no Hipódromo de Mijas, numa jornada que fechava com a Mijas Cup, a corrida com maior dotação económica em prémios das disputadas em Espanha.

A corrida apresentava-se aberta e os prognósticos centravam-se em 4 favoritos: Belcantista, Etel Parade, Speighstown e Mushajer. O estado enlameado da pista, favorecia Belcantista, já que venceu recentemente em França na distância, em pistas em condições semelhantes.

As opções de Cerqueira e Zorro Gris centravam-se em estar em boa posição durante a corrida para espreitar os postos de colocação.

A saída do puro-sangue ibérico foi boa e posicionou-se bem. Em seguida Mushajer, sobre a boa monte de P. Fredericks, pegou a cabeça do grupo e comandou com grande autoridade. O resto dos favoritos encontravam-se perdidos no centro do grupo. A corrida estava muito difícil: a pista com barro e um número elevado de cavalos participantes.

Cerqueira tentou entrar na recta final pelo exterior mas encontrou a disputa entre Belcantista e Murmullo Wells. Mushajer, com os seus já clássicos saltos, só encontrou a oposição de King Dyhim e Croix Rouge depois da última curva, mas Zorro Gris não cedeu e impôs-se na Mijas Cup. Zorro Gris entrava no oitavo posto, já descontraído, escoltando Etel Parade e Horcajada – alguns dos favoritos derrotados – batendo cavalos que figuravam nos prognósticos como possíveis vencedores.

Consequentemente, Zorro Gris o único exemplar espanhol do lote, conseguiu um meritório oitavo lugar graças ao seu coração e consistência, e à boa monte de Cerqueira.

Categorias: Corridas, Notícias