JEM Tryon 2018: Comunicado da FEI sobre o cancelamento do Raide

JEM Tryon 2018: Comunicado da FEI sobre o cancelamento do Raide

Após o cancelamento do Raide, devido aos acontecimentos do dia 12 de setembro durante os Jogos Equestres Mundiais em Tryon 2018, houve muita controvérsia e publicidade negativa em torno da disciplina de Raides.

Assim, gostaríamos de esclarecer e informar os passos que foram tomados:

Investigação ECIU

A FEI recebeu o relatório inicial produzido pela Unidade de Integridade da Comunidade Equestre (ECIU) sobre as questões que envolveram a falsa partida, o cancelamento da segunda partida do raide de 120 Km’s, e os acontecimentos seguintes.

Os processos judiciais por alegado comportamento incorreto já foram iniciados contra um indivíduo e espera-se que outras ações disciplinares sejam movidas contra outras pessoas envolvidas em eventos em Tryon, no mês passado.

Uma vez revistos pelo Bureau da FEI, os resultados da investigação independente da ECIU, juntamente com quaisquer outras ações disciplinares, serão tornados públicos.

A investigação é, no entanto, apenas um elemento do trabalho necessário para recuperar a confiança na disciplina e a governabilidade da FEI bem como os detalhes de outras medidas que estão a ser tomadas estão indicados abaixo.

Presidente do Comité de Raides

O Bureau da FEI aceitou a renúncia de Brian Sheahan, Presidente do Comité de Raides, por motivos de saúde, e expressou o seu agradecimento pela contribuição do Dr. Sheahan à disciplina.

Vice-Presidente do Comité de Raides

O Bureau da FEI destituiu provisoriamente Ignasi Casas Vaque (ESP) dos seus direitos e deveres como Vice-Presidente e Membro do Comité de Raides devido ao processo judicial pendente por alegado comportamento incorreto nos FEI World Equestrian Games ™ Tryon 2018.

Comissão Temporária

Devido à renúncia do Presidente e à situação relativa ao Vice-Presidente, o Bureau da FEI chegou à conclusão de que o Comité de Raides está atualmente inapto para funcionar (conforme o Artigo 31.3 dos Estatutos da FEI).

A fim de abordar a situação atual dos Raides, e com base no Artigo 36.1 dos Estatutos da FEI, o Bureau aprovou a criação de uma Comissão Temporária para a disciplina.

A missão principal desta Comissão Temporária será trazer de volta à disciplina as suas raízes do Endurance técnico em vez de Endurance de corrida mantendo a equitação e o bem-estar dos cavalos como objetivo.

A Comissão Temporária será presidida pela Dra. Sarah Coombs (GBR), uma veterinária de Raides da FEI que tem muitos anos de experiência como oficial dos eventos de Raides FEI. A Dra. Coombs foi a Veterinária oficial da Equipa de Raides Britânica, é Administradora da global equine charity World Horse Welfare e também é presidente do Comité de Consultoria Veterinária.

Os membros da Comissão Temporária são:

Tarek Taher (KSA), atleta internacional de Raides e recentemente eleita pelos seus colegas como membro do Comité de Atletas da FEI;

Pieter Wiersinga (NED), chefe de equipa da equipa de Raides holandesa e membro altamente respeitado da comunidade de Raides. É Comissário da Polícia e ex-chefe da Polícia Montada da Holanda;

Dra. Margaret (Meg) Sleeper (EUA), compete nos Raides FEI desde 2005, é também treinadora, veterinária oficial e professora clínica de cardiologia na University of Florida Veterinary School. Foi candidata a Representante dos Atletas e é também candidata à eleição como membro do Comité de Raides.

Dr. Tim Parkin (GBR), lidera a pesquisa científica conduzida na Universidade de Glasgow como parte do Estudo Global de Acidentes de Raides da FEI (GEIS) e é candidato à eleição como membro do Comité Veterinário da FEI.

A fim de realçar a importância da revisão desta disciplina e facilitar a comunicação entre a Comissão Temporária e o Bureau da FEI, o 2º Vice-Presidente da FEI, Mark Samuel (CAN), também estará envolvido nos trabalhos da Comissão Temporária.

Membros restantes do Comité de Raides

Os restantes membros do Comité de Raides – Shanie Bosch-Fourie (NAM) (2014-2018), Rocio Echeverri (CRC) (2015-2019) e Stéphane Chazel (FRA) (2016-2020) – permanecem como membros nas suas posições até novas informações. Será solicitado à Comissão Temporária que os consulte para garantir que seus conhecimentos não sejam perdidos durante o processo de revisão.

Regulamento de Raides

Na ausência de um Comité de Raides operacional cuja responsabilidade seria normalmente rever as modificações propostas ao Regulamento de Raides, o Bureau concordou em fornecer à Assembleia Geral da FEI de 2018 a opção de:

– Manter a atual edição do Regulamento de Raides (9ª edição, atualizações com vigência a partir de 1 de janeiro de 2018)

Ou

– Aplicar o Regulamento de Raides aprovado pela Assembleia Geral da FEI de 2017, com vigência a partir de 1 de janeiro de 2019.

22 de outubro de 2018

Ingmar De Vos
Presidente (FEI)

Categorias: Notícias, Raides