Irlandês Kevin Thornton condenado por abuso e crueldade

Irlandês Kevin Thornton condenado por abuso e crueldade

Kevin Thornton. Foto: (c) Sportfot

O cavaleiro de saltos de obstáculos Kevin Thornton de 32 anos, foi condenado pela Federação Equestre Internacional (FEI) em 2017, por ter causado a morte do seu cavalo Flogas Sunset Cruise, durante o CSI Cagnes-sur-Mer em 2016. O garanhão de 10 anos desmaiou após uma volta à pista de galope com 2.500 metros, como castigo, durante a qual o cavaleiro lhe bateu diversas vezes com a chibata, causando um ataque cardíaco, segundo apurou a autópsia.

Agora, após uma suspensão de quatro meses imposta pela FEI, uma multa de 5.000 francos suíços e um elevado destaque nos media, este cavaleiro acaba de ser considerado culpado pelo sistema de justiça francês, de abuso e atos comprovados de crueldade contra um animal pelo que foi condenado a uma pena de prisão suspensa de 12 meses, de acordo com o jornal Nice Matin. Ficou igualmente proibido de possuir um animal e de exercer a profissão de cavaleiro durante cinco anos, em território francês.