Inédito: há seis cavaleiros portugueses no top 200 do ranking mundial de Dressage

Inédito: há seis cavaleiros portugueses no top 200 do ranking mundial de Dressage

Rodrigo Torres / Fogoso. Foto (c) Rui Pedro Godinho.

A actualização do ranking mundial de Dressage da FEI desta semana traz uma novidade à Dressage nacional: a inédita presença de 6 cavaleiros portugueses entre os 200 primeiros do mundo, sendo que Daniel Pinto (Santurion de Massa) e Maria Caetano Couceiro (Coroado) são os únicos a marcar presença entre os 100 primeiros.

Entre os seis cavaleiros portugueses que a partir de hoje estabelecem esta marca, Boaventura Freire (Sai Baba Plus) (102.º), Vasco Mira Godinho (Bariloche) (118.º), Rodrigo Torres (Fogoso) (132.º) e Manuel Veiga (Ben Hur da Broa) (182.º), contam com novos máximos, que são resultado da temporada positiva que têm vindo a realizar.

Às portas do top 100 mundial estão, Boaventura Freire (que esta semana desceu 11 posições, para 102.º), Vasco Mira Godinho (Bariloche) que subiu 17 posições, para 118.º e Rodrigo Torres que recuperou terreno nos CDI3* de Abrantes, Alter do Chão, Companhia das Lezírias e Cascais e subiu 241 lugares, para ocupar o 132.º lugar.

Por último e não menos importante, Daniel Pinto continua a ser o melhor cavaleiro português no ranking mundial, enquanto Maria Caetano Couceiro subiu 57 posições, para 74.º.

Quanto aos lugares cimeiros do ranking, a alemã Isabell Werth (Weihegold OLD) mantém-se na 1ª posição, seguida da americana Laura Graves (Verdades). Isabell Werth conseguiu manter os seus 3 cavalos entre os 10 melhores do ranking; Weihegold OLD (1º), Emilio 107 (3º) e Don Johnson FRH (6º).

Confira o ranking AQUI

Categorias: Dressage, Notícias