Herpes Vírus Equino: Há cinco casos de EHV-1 no Luxemburgo

Herpes Vírus Equino: Há cinco casos de EHV-1 no Luxemburgo

Há atualmente no Luxemburgo cinco casos de infeções em cavalos pelo vírus EHV-1, confirmou o Governo. Esta forma de “influenza” pode causar febre alta, problemas neurológicos, abortos, e é potencialmente letal.

Com casos confirmados por toda a Europa, nomeadamente, Espanha, França, Bélgica e Alemanha, ainda não causou nenhum óbito no Luxemburgo felizmente, o que não diminuiu a preocupação do Ministério da Agricultura perante este vírus altamente contagioso.

A 3 de Março tivemos conhecimento de 4 casos em Portugal, sendo que apenas 1 deles apresentava a forma neurológica da doença (em recuperação), os restantes apenas apresentaram sinais clínicos referentes à forma respiratória (tosse e corrimento nasal, durante 3 a 4 dias).

Em resposta a uma pergunta parlamentar ao deputado Gusty Graas (DP), o Ministro da Agricultura, Viticultura e Desenvolvimento Rural, Romain Schneider, lembrou que as medidas a aplicar nestes casos são de “natureza preventiva”, que se aplicam em geral às doenças virais. A saber, estas medidas passam pela vacinação, cuidado redobrado com higiene, restrição de circulação, quarentena ou isolamento de cavalos suspeitos.

Com as medidas sanitárias em vigor por causa da pandemia, os concursos hípicos estão suspensos no Grão-Ducado, facilitando o controlo de um surto. No calendário oficial, nenhum concurso internacional está planeado antes do final de agosto no Luxemburgo. Até lá, as autoridades esperam que o vírus esteja erradicado do país.

Categorias: Maneio, Notícias