Francisco Stilwell de olhos postos nos Jogos Olímpicos de 2024

Francisco Stilwell de olhos postos nos Jogos Olímpicos de 2024

Francisco Stilwell / Dandy de Fôja

O cavaleiro de Concurso Completo, Francisco Stilwell, bicampeão nacional (YR e Seniores), cresceu a andar de muletas, resultado da espinha bífida. Apesar disso, nunca deixou a sua paixão pelos cavalos. E foi em prol das competições de hipismo e, claro, na esperança de uma vida melhor, que, recentemente, tomou a decisão de amputar um pé.

Desde que nasceu, os médicos sabiam que o problema consistia numa deformação e falta de sensibilidade no pé esquerdo. O jovem foi submetido a diversas operações, mas nunca resolveram o problema a 100%. Ao longo dos anos foram surgindo complicações, que levaram a alguns internamentos.

Aos 27 anos, depois de, em conversa, o tio lhe ter dito que «mais vale ter uma prótese boa do que um pé mau», Francisco decidiu avançar com a decisão da amputação.

Nos dias de hoje vive e trabalha para um objetivo, os Jogos Olímpicos de 2024 em Paris e sente que, finalmente, tem uma vida normal.

O “Kiko” (Francisco) como é conhecido, tem como objetivo competir de igual para igual nos próprios Jogos Olímpicos na disciplina de CCE em 2024  e não nos “Paralímpicos” que só contempla a disciplina de “Dressage”.