Filipe Malta da Costa no pódio no GP do Vimeiro

O CSI** do Vimeiro terminou com o triunfo no Grande Prémio Águas do Vimeiro, do britânico David McPherson com Santorin F (0/0/43,45s), seguido do seu compatriota Graham Lovegrove com Huron des Gerbaux (0/0/49,64s). Destaque para a prestação lusa no Grande Prémio com Filipe Malta da Costa e Guepard de Brekka a terminarem em terceiro (0/0/54,67s) seguido de Marina Frutuoso de Melo com Coltaire Z (0/1/56,39s) e Francisco Nobre Guedes com Cosmos (0/4/45,53s), em quarto e quinto respectivamente. Três conjuntos cumpriram este GP, desenhado pelo chefe de pista Bernardo Costa Cabral, e disputado sobre duas mãos (273.3.) a 1,45m, com um duplo sem faltas. A terceira e última jornada ficou marcada pela prestação lusa, com Portugal a liderar a prova reservada a cavalos de 6 e 7 anos (Prova Nº10 – Vichy Homme), conquistando as três primeiras posições. Luís Sabino Gonçalves e Gowla Go N Go; Sebastião Ferreira Pinto e Why Me; João Chuva e Must de Montsec classificaram-se em 1º, 2º e 3º lugar respectivamente. Na Prova Nº11 – Banco Espírito Santo, Luís Sabino Gonçalves conquistou novamente a primeira posição, desta vez com In Cha La D’en Haut. Em segundo lugar, ficou o britânico Graham Lovegrove com Ali. A terceira posição foi para o brasileiro Felipe Ramos Guinato com Fetiche de Boheme. David McPherson foi o cavaleiro que se distinguiu com melhores resultados, vencendo quatro das doze provas disputadas demonstrando ser um cavaleiro rápido, seguro e competitivo. As próximas edições dos Concursos de Saltos Internacionais do Vimeiro, irão realizar-se no próximo mês de Julho, de 13 a 16 e de 20 a 23, disputando-se os VIII e IX Concursos Internacionais, 3 estrelas. Resultados (28.05.06) CSI** Vimeiro Nº10 – Cavalos de 6 e 7 Anos – Vichy Homme Art.238.2.1 – 1,20m 1º Luis Sabino Gonçalves (POR) / Gowla Go n Go / 0 – 52,20 2º Sebastião Ferreira Pinto (POR) / Why Me / 0 – 55,65 3º João Chuva (POR) / Must de Montsec / 0 – 56,44 4º Alberto Harari (MEX) / Pilatos / 0 – 57,11 5º César Abreu Domingos (POR) / Micmac Fleuri / 0 – 57,16 6º Johnny Mendes (POR) / Carissimo / 0 – 61,67 7º António Portela Carneiro (POR) / Lorka de Blondel / 0 – 63,86 8º Duarte Seabra (POR) / Seta / 0 – 66,59 Nº11 – Duas Fases (1,30m) – Banco Espírito Santo 1º Luis Sabino Gonçalves (POR) / In Cha La D en Haut / 0 / 0 – 18,86 2º Graham Lovegrove (GBR) / Ali / 0 / 0 – 20,49 3º Felipe Ramos Guinato (BRA) / Fetiche de Boheme / 0 / 0 – 21,30 4º João Francisco Costa (POR) / Roxane / 0 / 0 – 22,25 5º Marcos Diaz Rodrigues (ESP) / Gonzalez 129 / 0 / 0 – 22,91 6º Eduardo Kol Netto de Almeida (POR) / Linz du Thot / 0 / 0 – 24,91 7º David McPherson (GBR) / Invencible des Ores / 0 / 0 – 22,19 8º Duarte Seabra (POR) / Zebedee / 0 / 0 – 28,03 Nº12 – Grande Prémio – Águas do Vimeiro Duas Mãos – Tabela A (273.3.3) – 1,45m 1º David McPherson (GBR) / Santorin F / 0 / 0 – 43,45 2ºGraham Lovegrove (GBR) / Huron des Gerbaux / 0 / 0 – 49,64 3º Filipe Malta da Costa (POR) / Guepard de Brekka / 0 / 0 – 54,67 4º Marina Frutuoso de Melo (POR) / Coltaire Z / 0 / 1 – 56,39 5º Francisco Nobre Guedes (POR) / Cosmos / 0 / 4 – 45,53 6º Cristina Toda Suarez (ESP) / Echo III / 0 / 4 – 49,07 7º Gerry Flynn (Comdt) (IRL) / Cnoc Na Seimre / 0 / 4 – 49,95 8º Marie Burke (IRL) / Chippyson / 4 – 50,30