Dalma Malhas vai representar a Arábia Saudita nos J.O. de Londres

Dalma Malhas vai representar a Arábia Saudita nos J.O. de Londres

Segundo o jornal árabe Al-Hayat, o príncipe saudita Nayef bin Abdul Aziz terá aprovado a participação de mulheres nos Jogos de Londres, desde que as respectivas modalidades estejam de acordo com a “decência” feminina e não colidam com as leis islâmicas. Ainda não há confirmação oficial por parte das autoridades sauditas.

Uma das atletas cotadas para representar o país é a amazona Dalma Rushdi Malhas, que em 2010 conquistou o bronze nos Jogos Olímpicos da Juventude, em Singapura. Dalma, que treina em França, tornou-se na primeira mulher saudita a conquistar uma medalha olímpica.

Mesmo que não tenha hipóteses de um lugar no pódio em Londres, a simples participação de Dalma será uma vitória.
Um passo pequeno, mas carregado de simbolismo – ainda mais por se tratar de um desporto em que homens e mulheres competem em igualdade pelas medalhas.

Os três últimos resistentes, Qatar, Brunei e agora os sauditas, deram o “braço a torcer” e aceitaram a presença de mulheres na comitiva olímpica. A comunidade internacional fez pressão e os três resistentes cederam finalmente.