CSI3* Vilamoura: Cavaleiros Portugueses destacam-se na jornada inaugural

CSI3* Vilamoura: Cavaleiros Portugueses destacam-se na jornada inaugural

Filipe Malta da Costa (POR) / Iwan B.

No dia mais bonito deste Outono, teve início esta quinta-feira a nona edição do Vilamoura Champions Tour com os portugueses Filipe Malta da Costa, Mário Prieto, Duarte Seabra, Hugo Carvalho, Francisco Fleming de Oliveira e Hugo Tavares a destacarem-se nas primeiras três provas da jornada inaugural.

Na primeira prova da jornada, Filipe Malta da Costa destacou-se na prova ao cronómetro (1,30m)  ao conquistar o segundo lugar com a égua SF Evita Peron (x Nartago) de 7 anos, sem faltas em 61,99s, numa prova que foi ganha pelo luxemburguês Victor Bettendorf com a égua SF Catapulte de La Roque (Quaprice Bois Margot x Kannan*Gfe) de 9 anos (0/60,39s). O irlandês Harry Marshall foi terceiro classificado com Daylight Vhs Z (0/62,64s).

Mário Prieto com o castrado belga Najac vh Kluizebos ficou classificado em nono lugar.

Alinharam nesta prova composta por 11 obstáculos e 13 esforços, desenhada pelo chefe de pista italiano Elio Travagliati e coadjuvado pelo brasileiro Leandro Andreoli Balem, 67 conjuntos mas apenas 17 terminaram sem faltas.

Filipe Malta da Costa com o garanhão KWPN Iwan B (Starpower x Elton) de 8 anos, venceu a prova média (1,40m) disputada em Duas Fases. Duarte Seabra foi segundo classificado com o castrado Eternity (x Baloubet du Rouet), enquanto o alemão David Will completou o pódio com o castrado Hanoveriano Primus Vom Neumuehler Hof.

Dos 46 conjuntos que participaram, 19 terminaram as duas fases sem faltas.

E-D: Filipe Malta da Costa, António Moura e Duarte Seabra.

David Will com o castrado Westfalian Babalou HD, venceu a primeira prova grande disputada com desempate ao conseguir o melhor tempo 33,64s dos sete conjuntos que terminaram sem faltas. A britânica Laura Renwich, uma “habitué” em Vilamoura, foi segunda classificada com Arkuga (34,04s) e o irlandês Michael Pender com Hhs Catwalk fechou o pódio (34,86s).

Classificaram-se ainda nesta prova composta por 11 obstáculos (1,45m) e 14 esforços, os portugueses, Hugo Carvalho (Historia do Belmonte) em 4º; Francisco Flemming (Codexoon) em 5º e Hugo Tavares (Cicero 117) em 9º lugar.

Resultados completos AQUI