Covid-19: Jogos Olímpicos adiados para 2021

Covid-19: Jogos Olímpicos adiados para 2021

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, decidiu propor ao Comité Olímpico Internacional o adiamento dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 por um ano devido à pandemia da covid-19, anunciou o canal NHK.

Segundo a estação pública japonesa, Shinzo Abe quer que a decisão do COI seja tomada “o mais rápido possível”. Nos últimos dias várias entidades olímpicas nacionais tinham defendido o adiamento da competição.

O COI emitiu depois um comunicado conjunto com o Comité Paralímpico, dando conta da reunião, tendo ficado definido o adiamento por um ano, «mas não mais tarde que o verão de 2021»,  e que a competição ficará com o nome de Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020.

«Foi ponderado o efeito da pandemia na vida de todas as pessoas e o significativo impacto na preparação dos atletas para os Jogos», refere um comunicado, que cita o diretor geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, que ontem sublinhou que a pandemia «está a acelerar».

«Concluímos assim que esta Olimpíada será remarcada para uma data para lá de 2020, mas não depois do verão de 2021, de modo a salvaguardar a saúde dos atletas e de todos os envolvidos na organização dos Jogos. A chama olímpica continuará no Japão de modo a ficar como um sinal de esperança ao fundo do túnel», lê-se.