Comunicado – Campeonato da Europa de Juventude 2020 (SO) – Vilamoura

Comunicado – Campeonato da Europa de Juventude 2020 (SO) – Vilamoura

A Federação Equestre Portuguesa, através do seu comunicado de 24 de Julho, informa:

“Que a publicação da Circular FEP nº 8 representa o início da preparação até ao Campeonato da Europa de 2020 em Vilamoura, mas que não se esgota nesse objectivo por se pretender uma formação continua para todos e com reflexo para os anos seguintes.

Assim, e sempre que existirem novas informações complementares ou alterações, as mesmas serão dadas ao conhecimento de todos os interessados através de Comunicados.

Os cavaleiros têm que se comprometer a fazer parte de um Programa que assenta fundamentalmente na comparência nos estágios já agendados e/ou que venham a ser agendados, em alguns CSI´s de 1*, 2* e 3*, e na aceitação de representarem a selecção nacional.

À FEP competirá ter um treinador nacional disponível para estágios e acompanhamento em CSI´s, uma base de dados de resultados actualizada e analisada pelo treinador nacional, e assegurar que em todos os programas de CSI´s se inscreva a indicação de que os GP´s contam para os mínimos de 2020.

A participação neste Programa para 2020, obriga à inscrição em quatro dos concursos internacionais em 2019 e em quatro dos concursos em 2020, publicados na Circular nº18, CSI 1*, 2* e 3* únicos concursos, e não outros, onde existem as provas de Grande Prémio reconhecidos pela FEI para a obtenção das condições mínimas de participação.

Tratando-se de uma obrigatoriedade, a FEP acordou com a Organização de Vilamoura um desconto de 30% na inscrição dos cavaleiros que estejam integrados neste Programa.

No que respeita a estágios, a FEP também acordou com a Organização de Vilamoura a cedência gratuita das boxes.

O programa para 2020 estará de momento em aberto para outras eventuais participações em CSI´s ou CSIO´s.

Sendo Vilamoura aquele local onde se irá desenrolar o Campeonato da Europa, naturalmente que é ali que deverá ser feita a preparação. É uma vantagem que Portugal não pode desperdiçar na edição deste Campeonato para 2020.

O treinador nacional, no que respeita a 2019, estará a observar e a acompanhar os cavaleiros nos concursos do Campeonato Nacional em Matosinhos, em Esposende de 6 a 8 de Setembro e nos de Vilamoura que se realizam de 8 a 13 de Outubro e de 24 a 27 de Outubro. Todos os restantes contarão para a obtenção de mínimos e observação.

Para o próximo ano e depois de conhecido o calendário completo, sairá novo Comunicado com os concursos onde irá estar presente o treinador nacional

No concurso de 24 a 27 de Outubro o Chefe de Pista será Bernardo Costa Cabral que será também o Chefe de Pista do Campeonato da Europa 2020.”

Estamos conscientes que este Programa irá mobilizar os Pais a redobrarem esforços procurando melhores montadas que serão fundamentais para o sucesso dos seus filhos e do nosso sucesso enquanto País.

Para melhor proveito da experiência do treinador nacional, ele próprio um ganhador nato, consideramos de grande importância a colaboração dos treinadores particulares.

Todos os treinadores portugueses, mesmo aqueles com provas dadas como cavaleiros em Grandes Prémios Internacionais e que levaram no passado alunos à final em Campeonatos da Europa beneficiarão com esta experiência. Por maioria de razão para aqueles que nunca tiveram esse êxito e essa experiência.

A apresentação num Campeonato da Europa não é feita por uma coligação de treinadores privados mas sim por um treinador nacional conhecedor de todos os cavaleiros que for observando. Por outro lado, recebendo de cada treinador privado, nos estágios e nos CSI´s o conhecimento específico referente a cada cavaleiro e cada cavalo o resultado só pode ser bom.

Após o Campeonato de Portugal da Juventude, e no momento da inscrição para o primeiro estágio, (Esposende e Vilamoura) os cavaleiros deverão subscrever um termo de compromisso a este programa, onde declaram a disponibilidade para a selecção, bem como a indicação do seu treinador, dos cavalos que possuem e a identificação do veterinário de acompanhamento.