Colhida grave de Júlio Aparício

Colhida grave de Júlio Aparício

A corrida de domingo de Páscoa na Monumental de Madrid, fica assinalada pela grave colhida do “diestro” Júlio Aparício, ao sofrer uma cornada do primeiro toiro de Puerto de San Lorenzo que lhe provou uma lesão de 25 centímetros no músculo superior da perna esquerda, de prognóstico grave, segundo manifestou o Dr. Máximo Padrós, cirurgião – chefe da enfermaria da Monumental de Las Ventas.

Sobre a parte artística, os toiros de Puerto de San Lorenzo, bem apresentados, sérios e “hastifinos”, saíram desiludidos no seu conjunto, mansos e de pouca raça.

Categorias: Notícias, Tauromaquia