CDI3* Lisboa: Maria Caetano demonstra profissionalismo e espirito vencedor na Kür

CDI3* Lisboa: Maria Caetano demonstra profissionalismo e espirito vencedor na Kür

Maria Caetano / Coroado AR. Foto (c) Rui Pedro Godinho.

O CDI3* de Lisboa terminou neste domingo com as provas livres com música a serem avaliadas pelos juízes internacionais Maribel Alonzo de Quinzanos (Mex) 5*, Francis Veerbeck (Hol) 5*, Hans Christian Matthiesen (Den) 5*, Rapahel Saleh (Fra) 5*, Gotthilf Riexinger (Ger) 5* e Carlos Lopes (Por) 4*.

Maria Caetano venceu com Coroado o G.P. Kür com a pontuação final de 77,310%, superando mais uma vez, a sua melhor marca pessoal. A reprise deste conjunto com uma coreografia muito bem escolhida e adaptada à sequência de exercícios ficou marcada pela falha técnica do ficheiro de música, originando um compasso de espera de 5 minutos, tendo a cavaleira ultrapassado esta adversidade com profissionalismo e determinação, mantendo a calma e terminando com a qualidade a que nos habituou.

Rodrigo Torres / Califa II. Foto (c) ABR Fotografia.

Na segunda posição ficou Rodrigo Torres com o Lusitano Califa II (74,370%) que apresentou uma coreografia muito original com uma sequência de músicas bem conseguidas. Rodrigo apostou forte, fez uma prova excelente, evidenciando a grande aptidão do seu cavalo. Ricardo Ramalho com Despinio foi terceiro classificado com a média final de 69,410%.

João Torrão / Equador MVL. Foto (c) Rui Pedro Godinho.

Na Intermediária I Kür, Equador (x Quo Vadis), montado por João Torrão destacou-se pela qualidade de andamentos e pela sua beleza. Este conjunto venceu a reprise com a média final de 72,290%. Equador, bem gerido poderá ter um futuro promissor. Na segunda posição ficou Raquel Falcão com o debutante Elegante Plus, que pontuou 69,290%. Este cavalo da criação da Dressage Plus foi mais uma confirmação da excelência dos cavalos criados por esta coudelaria, competitivos e de uma qualidade superior. João Faustino com Evi foi terceiro classificado (65,610%).

No escalão Jovens Cavaleiros, o vencedor da Kür foi Yoann Pinto que vai no bom caminho com o Lusitano Xelim. Este conjunto brilhou numa reprise bonita e elegante conseguindo a excelente média final de 70,590%. Martim Meneres em segundo lugar com Equador (x Peralta) e 70,390%. Alexandra Gouveia completou o pódio com Artista (70,090%).

Melania Bartz / Delgado. Foto (c) Aurélio Grilo.

A italiana Melanie Bartz vencedora da Juniores Kür (69,610%) apresentou uma reprise consistente, bem desenhada e adaptada à música escolhida. O seu cavalo Delgado encheu a pista e não deixou ninguém indiferente perante a qualidade e precisão demonstrada. Sebastião Lucas Lopes ocupou o segundo lugar com Arrogante (68,020%) e Maria do Carmo Marcelino e Tim classificaram-se em terceiro (66,770%). Nos Póneis, apenas com uma participante, Lisa Bartz (Ita) com Hemingway B terminou a reprise com 68,030%.

Parabéns à Dressage First sob a orientação de Frederico Pinteus e a Maria Pais Amaral pelo empenho na organização e o sucesso alcançado neste internacional.

Resultados – 01.10.2017 AQUI

Categorias: Dressage, Notícias