Cavalo processa antiga dona em 113 mil euros por maus tratos…

Cavalo processa antiga dona em 113 mil euros por maus tratos…

Horse sues former owner Credit: Animal Legal Defense Fund

Um cavalo está a processar a antiga dona, por maus tratos, depois de ter sido severamente negligenciado.

O animal, de oito anos, chamado Justice, tinha menos 130 quilos do que devia, piolhos, uma infecção de pele e o pénis deformado como resultado de uma queimadura de gelo, tudo isto resultado do tempo em que esteve ao cuidado de Gwendolyn Vercher.

O mês passado, Justice foi resgatado e levado para um centro de tratamento especializado em cavalos, no Oregon, Estados Unidos, onde terá de receber atenção médica especializada para o resto da vida.

A advogada do cavalo, Sarah Hanneken, da Animal Legal Defense Fund, referiu que a legislação do Estado de Oregon “estabelece claramente um estatuto anti-crueldade para garantir a segurança e protecção dos animais”.

“As vítimas dos crimes podem processar os seus abusadores e os animais são seres sencientes que são reconhecidos como vítimas segundo a lei de Oregon. Por isso, com essa premissa, chegámos à conclusão de que os animais também podem processar os seus abusadores e estamos confiantes da nossa posição neste caso”, acrescentou, citada pelo Metro.

Justice exige 113 mil euros de compensação, e qualquer que seja o valor recebido após o processo será inteiramente revertido para os cuidados médicos de Justice e para o seu actual cuidador.

Gwendolyn Vercher já tinha sido condenada, em Julho de 2017, a três anos de liberdade condicional por negligência de animais e a 96 horas de trabalho comunitário. Foi também proibida de ter animais durante cinco anos e a pagar cerca de 4.200 euros em indemnizações.

Fonte: Independent

Categorias: Notícias, Sociedade