Brasil carimba passaporte para Tóquio 2020

Brasil carimba passaporte para Tóquio 2020

A equipe brasileira de salto de obstáculos brilhou nesta quarta-feira nos Jogos Pan-Americanos de Lima.

O quarteto composto por Eduardo Menezes (H5 Chagans), Rodrigo Lambre (Chacciana), Marlon Zanotelli (Sirene de la Motte) e Pedro Veniss (Quabri de L’Isle), sob o comando do suíço Philippe Guerdat subiram ao lugar mais alto do pódio na Escola de Equitação do Exército, em La Molina, bairro nobre de Lima (Peru). Totalizaram 13,39 pontos. A prata ficou a equipa do México (22,97 pts), e o bronze com os Estados Unidos (23,09 pts). Trata-se do sexto ouro do Brasil por equipas nesta modalidade em Jogos Pan-Americanos. Pedro Veniss chega à final em condição de líder com 2,06 pts.

De facto esta não é a primeira vez que Pedro Veniss sente o sabor do ouro pan-americano. Ele, aliás, é o único cavaleiro da equipa que esteve presente nos Jogos do Rio, em 2007, quando o país tinha sido campeão pela última vez.

Bastava ficar entre os três primeiros para carimbar o passaporte para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, e o Brasil concluiu com êxito esta missão.

Resultados AQUI