Arcos de Valdevez: Bombeiros salvam cavalo em aqueduto

Arcos de Valdevez: Bombeiros salvam cavalo em aqueduto

Fotos (c) @ Facebook de Filipe Guimarães

Um cavalo foi resgatado com sucesso, na noite de quarta-feira, de um aqueduto de águas pluviais numa estrada em Arcos e Valdevez pelos bombeiros locais, disse à Lusa o comandante da corporação.

O animal caiu de “traseira” num “buraco com cerca de 80 por 60 centímetros de dimensão”, especificou o comandante dos Voluntários de Arcos de Valdevez, Filipe Guimarães.

“Se me perguntassem se conseguia colocar um cavalo num buraco com estas dimensões diria que era uma missão impossível, mas aconteceu mesmo, por muito estranho que pareça”, afirmou.

O caso ocorreu na Estrada Nacional (EN)301 que liga o lugar de Covela, freguesia de Padroso, em Arcos de Valdevez, ao concelho vizinho de Paredes de Coura, ambos no distrito de Viana do Castelo.

O alerta foi dado cerca das 19:30, por uma pessoa que passava no local. A operação terminou “com sucesso” cerca das 22:45.

A operação de resgate do animal envolveu nove operacionais dos Bombeiros de Arcos de Valdevez, apoiados por três viaturas, “uma retroescavadora disponibilizada por uma empresa local, populares que se ofereceram para ajudar e Junta de Freguesia de Padroso”.

Filipe Guimarães adiantou ter sido necessário “desmontar metade do aqueduto de águas pluviais para alargar o espaço e permitir a remoção do animal”.

Filipe Guimarães adiantou “não ter sido necessária a intervenção da veterinária municipal” uma vez que, “minutos depois ter sido retirado do aqueduto e de se recompor, o animal levantou-se e seguiu monte acima”.

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez disse “não ter sido possível apurar se o animal tinha dono”.

“Não se consegue descrever a exigência, o esforço e a dedicação dos operacionais envolvidos para levar a bom porto a sua difícil missão. Só uma equipa unida com muita firmeza, consegue vencer as dificuldades ou adversidades, por muito grandes que elas sejam, desistir é para os fracos. Parabéns a todos os envolvidos nesta difícil missão”, escreveu Filipe Guimarães na sua página no Facebook, depois de quase três horas de trabalhos de resgate do animal.

Mensagem de Filipe Guimarães:

“A vida de Bombeiro não é mesmo nada fácil…

Todos sabemos que o risco desta profissão é elevado e muito exigente, mas por vezes acontecem coisas mesmo muito estranhas, que exigemde nós esforços mais que redobrados…

Receber um alerta para retirar um cavalo de grande porte de dentro de um aqueduto de águas pluviais é algo estranho e inédito e que por muito que se diga não se consegue descrever a exigência, o esforço e a dedicação dos operacionais envolvidos para levar a bom porto a esta difícil missão.

Só uma equipa unida com muita firmeza, consegue vencer as suas dificuldades ou adversidades, por muito grandes que elas sejam…, desistir é para os fracos…!!!

Parabéns a TODOS os operacionais envolvidos nesta difícil missão, agradecimentos à Junta de freguesia de Padroso, à firma JS Gomes e aos Populares que também deram a sua preciosa ajuda.

Por muito estranhas e difíceis que sejam as nossas ocorrências, estamos presentes com tudo…!!!

BV. Arcos de Valdevez”

Fonte: O Minho

Categorias: Notícias, Sociedade