640km a cavalo para lembrar um acordo de paz

640km a cavalo para lembrar um acordo de paz

Foto: Reuters/Stephanie Keith

As tribos Sioux norte-americanas passaram meses a cavalo para recordar o governo do Tratado de Fort Laramie.

Assinado em 1851 entre os EUA e as tribos Sioux (Lakota, Dakota e Nakota), o tratado permitiu a pacificação das relações entre índios e colonos, com o reconhecimento do Grande Reserva Sioux.

Para marcar o 150º aniversário do tratado, as tribos organizaram uma grande peregrinação a cavalo, que partiu a 13 de Abril do Dakota do Sul, tendo como destino o local onde o tratado foi assinado, o Forte Laramie, no estado de Wyoming, nos Estados Unidos da América.

Harold Frazier, chefe da Nação Sioux, explicou que a peregrinação serve para honrar a identidade Sioux, mas também para recordar o governo federal de que o tratado “Não é só Sioux, é também norte-americano”, num ano marcado por protestos contra a construção de um oleoduto no estado americano do Dacota do Norte.

Fonte: TSF

Categorias: Notícias, Sociedade