Coudelaria Paulo Caetano

Coudelaria Paulo Caetano

A Coudelaria de Paulo Caetano, começou a sua actividade em Junho de 1981, a partir de oito éguas de excepcional qualidade com o ferro de Miguel Quina: URQUEZA, VASQUITA, TEIMOSA, QUIETA, VISQUEIRA, QUE GENTE, NIEVA e a sua filha ZAQUERA da mesma origem, com um garanhão do ferro Manuel Veiga, que se revelaria um excelente pai: o UFANO II.Já com o ferro de Paulo Caetano, o ALTIVO e o CAPOTE, beneficiaram este efectivo durante vários anos com excelentes resultados, tendo sido mais tarde largamente utilizados noutras coudelarias de grande prestígio. Desenvolvida dentro de uma linhagem muito pura e já com uma base e um carácter solidamente definidos, em 1993 foi introduzido, nesta éguada, um expoente máximo da tauromaquia, o célebre NEPTUNO de ferro Manuel Veiga.

Na actualidade esta Coudelaria conta com 25 éguas de ventre que pastam numa região de óptimas características para a criação cavalar, a Herdade das Esquilas, concelho de Monforte, distrito de Portalegre, no coração do Alto Alentejo. Não obstante ter a funcionalidade e a utilização de alto nível de exigência, como principais objectivos, este ferro tem no seu palmarés de modelo e andamentos, medalhas de ouro e de prata e um Campeão de Machos. O “Portugal” que obteve esse título em 1998 em Lisboa, veio a justificar em 2005 um objectivo seguramente idealizado pelo seu criador: vencer o Grande Prémio de Dressage em São Paulo e conseguir pela primeira vez, para um cavalo Lusitano montado no Brasil, os mínimos para o Campeonato do Mundo em Aachen, na Alemanha.

As metas propostas por este criador têm sido atingidas de forma inquestionável: 12 cavalos a tourear simultaneamente na actualidade: HOLÉ, CURRO (também vencedor de provas de Equitação de Trabalho e pódio em Equitação à Portuguesa A), BOLERO II, CAETANO, IMPETO, SOLEAR, GABARITO II, NOBEL (também pódio de provas de equitação à portuguesa B), PASSAPÉ, PLUTÃO (também vencedor de provas à portuguesa), estes três últimos vencedores do prémio Gaston Santos para o melhor cavalo Lusitano de Toureio, SOL E SOMBRA (Vice-campeão da Taça Ibérica 2004 classe de 5 anos) ODALISCA, primeira reprodutora recomendada como égua de toureio.Vários “highlight prize” do ano, entre eles, o REI, a competir em Dressage e Campeão dos Campeões, em Castell, na Alemanha, em 2005.

PAULO CAETANO INTERNACIONAL SPORT HORSES MANAGEMENT LDA.

O projecto da P.C.I. – Paulo Caetano Internacional Sport Horses Management Lda. surge com uma intenção clara: responder à exigências de alta competições equestre. O nível crescente dos nossos conjuntos e o interesse despertado em cavalos e competidores pela equitação de alta competição, tanto nas modalidades de Dressage como de Saltos de Obstáculos, exige que sejam feitos esforços no sentido de aproximar mercados e facilitar um intercâmbio de experiências e negócios. O P.C.I. procura facilitar aos cavaleiros Portugueses a escolha e aquisição de cavalos oriundos da Europa Central e em contrapartida divulga e implanta o Puro Sangue Lusitano no coração da Europa e nas Américas.Transparência e Profissionalismo são as directrizes que conduzirão à satisfação dos seus clientes.”Tudo aquilo que alcançámos é apenas fruto do amor que sentimos pelos cavalos, da nossa dedicação à equitação e ao toureio, e do trabalho de uma equipa que sabe o que faz e sabe daquilo que faz.Objectivos para o futuro? Apenas um: Criar o cavalo perfeito!” concluiu Paulo Caetano.

Categories: Actualidade, Artigos