WBFSH/Rolex Sire Ranking 2017 – Lusitanos no Ensino

WBFSH/Rolex Sire Ranking 2017 – Lusitanos no Ensino

Gonçalo Carvalho / Rubi AR. Foto (c) Tomas Holcbecher

Em 1996 a representatividade dos Lusitanos nas provas de ensino era de apenas 10%. Em 2004 já rondava os 80%. E hoje em dia é o que se vê!

Para tudo há uma explicação! O “motor” desse desenvolvimento foi sem dúvida o trabalho da APSL com a atribuição de incentivos, através de prémios, e igualmente através da organização do célebre Projecto de Cavalos Lusitanos no Ensino, com recurso à cavaleira Martina Hannover Sternberg. O Dr. Pedro Ferraz da Costa, enquanto Presidente da APSL, nesses anos, teve um papel decisivo. Igualmente o aconselhamento e entusiasmo do juiz Paulo Vidigal foram determinantes para o arranque do Projecto.

Passados 21 anos os resultados invadiram o panorama da dressage Internacional e são notáveis. Nota disso mesmo constituem os posicionamentos do Rubi AR (3158 pontos) em 41.º e o Hostil GUB (2791 pontos) em 50.º lugar no prestigiado WBFSH/Rolex Sire Ranking 2017 – Dressage.

Anky van Grunsven / Hostil. Foto (c) Aurélio Grilo

Recordamos que os ranking’s dos garanhões são construídos com base nos pontos obtidos pela sua descendência em competições FEI (Federação Equestre Internacional).

Confira o WBFSH/Rolex Sire Ranking 2017  AQUI

Categorias: Coudelarias, Notícias