Vilamoura Atlantic Tour 2018: Domínio britânico nos Cavalos Novos (LIVESTREAM)

Vilamoura Atlantic Tour 2018: Domínio britânico nos Cavalos Novos (LIVESTREAM)

Laura Mantel / Gerdien 2 van de Oldehoff. Foto (c) OneShot

Mais de 250 conjuntos alinharam nas cinco provas, três reservadas a cavalos novos e duas “open”, da segunda semana do Vilamoura Atlantic Tour. Os britânicos Vanessa Jobson-Scott (Muna Vd Bisschop), Graham Babes (Ma Fleur JS), Laura Mantel (Gerdien 2 van de Oldenhoff) e Laura Renwick (Arkuga) dominaram as provas para cavalos de 6 e 7 anos (CSIYH1*) nesta terça-feira.

PROVA 5 ANOS
A1 (1,10m)
Nº de participantes: 54
Percursos sem faltas: 28

A prova para cavalos de 5 anos foi sem cronómetro e os 28 conjuntos que terminaram sem faltas, partilharam o primeiro lugar.

Portugueses sem faltas: Maria Filipa Raposo Alte / Demi Tour e Darinto Z; Bruno Miguel Pereirinha / Inuk do Casal; Duarte Seabra / Millroad Flamenco; Fabio Belchior / I’m Chicky Blue 7; João Charlesworth / Unicorn’s Supreme; Mário Wilson Fernandes / Daily Riverland e Indira do Casal.

PROVA 6 ANOS
Tabela A ao cronómetro (1,25m)
Nº de participantes: 64
Percursos sem faltas: 38

Vanessa Jobson-Scott conquistou o primeiro lugar com a égua belga Muna Vd Bisschop (Windows vh Costersv x Nabab de Reve) e em 2º lugar ficou o seu compatriota Graham Babes com a égua belga Ma Fleur (Emerald Vant Ruytershof x Cassini II). O brasileiro Filipe Braga foi 3º classificado com a égua belga Modena J&F (Triomphe de Riverland x Calvados).

PROVA 7 ANOS
Tabela A ao cronómetro (1,35m)
Nº de participantes: 71
Percursos sem faltas: 28

Na prova para 7 anos venceu Laura Mantel com Gerdien 2 van de Oldehoff enquanto Laura Renwick foi segunda com Arkuga e quarta com Novital Jovial Z. O francês Mathieu Billot ocupou o terceiro lugar com a égua KWPN Gatrona.

A melhor prestação nacional foi de Francisco Rocha com o garanhão belga Lanzarote de Muze (Clinton x Heartbreaker) que alcançou o 6º lugar nesta prova.

Classificaram-se ainda os portugueses Martim Portela de Morais com Beau Goss (14º) e Pedro Caseiro com Balou des Forets (18º).

O Vilamoura Atlantic Tour representa um forte impulso para o turismo algarvio, em plena ápoca baixa. As unidades hoteleiras de 5 estrelas e a restauração são fortemente beneficiadas.

Resultados completos AQUI

Siga as provas em directo AQUI