Toureiro salva antitaurino

Toureiro salva antitaurino

No passado dia 27 de Agosto a cultura solidária da tauromaquia ficou mais uma vez demonstrada.

Em Carcassone, França, dois antitaurinos entraram na arena quando estava prestes a iniciar-se a lide de um novilho da ganadaria de Miura. A ação irresponsável e ilegal colocou em risco a vida de todos os que estavam na arena e dos próprios antitaurinos, tendo um deles sido colhido duas vezes pelo toiro. Foi um bandarilheiro que, arriscando a própria vida, acabou por salvar o antitaurino.

As imagens impressionantes, da autoria de Pasquina-VaDeBraus  e que podem ser consultadas nesta página, mostram o toiro a avançar para os dois antitaurinos, sendo que a mulher pede ao toiro para parar, o que como é óbvio não aconteceu, tendo o toiro investido sobre os dois. Após a mulher ter fugido, o seu colega de prostesto ficou entregue à sua sorte e acabou por ser colhido. Acabaram por ser os bandarilheiros a evitar uma consequência trágica, que poderia ter sido a morte do antitaurino.

Para a Prótoiro- Federação Portuguesa de Tauromaquia, o que sucedeu em França comprova a irresponsabilidade da propaganda animalista, que tenta convencer os seus seguidores de que os toiros não são animais bravos e que podem ser domesticados como qualquer animal de companhia. A prova contrária foi dada em plena arena, e não fora a ética e os valores dos taurinos, hoje poderíamos estar a lamentar a perda de uma vida humana. O homem salvo pelos bandarilheiros foi levado para a enfermaria da praça e depois para o hospital local, tendo sido posteriormente, tal como a mulher, detido pelas autoridades.

PR

Categorias: Notícias, Tauromaquia