Sergio Martin e Batuta conquistam o Grande Prémio Especial na Bélgica

Sergio Martin e Batuta conquistam o Grande Prémio Especial na Bélgica

Sergio Martin Palos (ESP) / Batuta. Fotos © Chris Coessens / CDI Lier

Este fim-de-semana, vimos o regresso às pistas da égua PSL Batuta, (Quixote x Jandaia por Icaro) de 12 anos, do criador Sociedade Quinta das Terras e propriedade da ISHI, montada pelo espanhol Sergio Martin Palos, disputando o conjunto pela primeira vez um CDI4* em Lier (Bélgica), após uma ausência de cinco meses por lesão do seu cavaleiro. Na sexta-feira (02) conquistaram o 2º lugar no Grande Prémio com a média de 71,804% entre 34 concorrentes e neste domingo, venceram o Grande Prémio Especial com a pontuação de 69,617%.

Esta última prova do conjunto foi harmoniosa e fluida, destacando-se o piafé, passage e as transições passage – piafé – passage, com os 5 juízes a atribuírem ao cavaleiro espanhol: 70,745%, 70, 532%, 68,511%, 69,149%, 69,149%. Já no Grande Prémio o conjunto ultrapassara a barreira dos 70% (69,783%, 70,978%, 72,935%, 73,478% e 71,848%). Destaque para a nota da juíza holandesa Francis Verbeek van Rooy (5*) que atribuiu ao conjunto 73,478%. Venceu este Grande Prémio a olímpica belga Jorinde Verwimp com Tiamo, conseguindo a pontuação final de 73,217%.

Jorinde Verwimp (BEL) / Tiamo.

Recorde-se que Batuta foi anteriormente montada pelo cavaleiro olímpico português Gonçalo Carvalho, tendo disputado o Europeu em Aachen (15º lugar na final) em 2015 e várias qualificativas da Taça do Mundo de Dressage, conseguindo em várias ocasiões ultrapassar a barreira dos 70% como foi o caso no CDI4* de Munique (Alemanha) quando venceu o G.P. Especial com 72,510% e o Grande Prémio com 71,400%, entre outros.

No Grande Prémio Freestyle, destaque para a prestação da alemã Britta Rasche-Merkt com o garanhão Lusitano Xerez (Nordeste x Quimera por Hostil) de 15 anos, da Sociedade das Silveiras, ao conquistar o 2º lugar do pódio com a média final de 74,875%. Jorinde Verwimp (BEL) voltou a triunfar com Tiamo conseguindo 77,450% nesta reprise. Andrea Timpe (ALE)  foi 3ª classificada com Don Darwin (73,925%).

Britta Rasche-Merkt (GER) / Xerez

 

MÍNIMOS EXIGIDOS PARA OS JEM

Para poderem disputar os Jogos Equestres Mundiais, a realizar de 10 a 23 de Setembro de 2018 em Tryon (EUA), os conjuntos devem alcançar a percentagem de 66% no Grande Prémio, (CDI 3*, 4*, 5*, CDIW ou CDIO). Esta é a qualificação mínima exigida em duas ocasiões diferentes, atribuída pela nota final do júri de campo e também por dois juízes de nível FEI 5* que não devem ser da mesma nacionalidade do atleta.

A Federação Equestre Internacional (FEI) também exige que as notas devem ser obtidas dentro do período de qualificação para o mundial (de 1 Janeiro a 13 de Agosto de 2018). Este é o primeiro critério que o conjunto necessita para integrar uma equipa aos JEM.

Resultados G.P. Especial AQUI

Resultados Grande Prémio AQUI

Categorias: Dressage, Notícias