RuralBeja abre na quinta-feira

RuralBeja abre na quinta-feira

O concerto de “regresso” a Portugal da banda britânica The Stranglers marca o certame RuralBeja deste ano, que abre na quinta-feira, em Beja, e inclui feiras dedicadas ao vinho, ao cavalo lusitano e à tauromaquia.

Os The Stranglers, que marcaram as décadas de 1970 e 1980, vão atuar no concerto de abertura da Rural Beja, na quinta-feira, às 22:30, o único previsto para Portugal no âmbito da digressão “Black & White” da banda, autora de êxitos como “Golden Brown” e “Always The Sun”.

O certame vai decorrer até domingo no Parque de Feiras de Exposições de Beja e incluir a Vinipax, a Festa Brava, o Salão do Cavalo, os espaços “Natureza à Mesa” e “Do sequeiro ao regadio”, mostras de aves (Avibeja) e de cães (Canibeja) e um simpósio ibérico dedicado ao montado.

Segundo divulgou hoje a Câmara de Beja, a promotora, a RuralBeja pretende afirmar as potencialidades, os recursos naturais e as manifestações culturais e promover o desenvolvimento sustentável e integrado do concelho.

Vinhos, touro, cavalo lusitano, regadio, produtos da terra, artesanato, gastronomia e turismo estão “em destaque” no certame, que é “uma montra dos melhores produtos da região, os tradicionais e os mais inovadores, que, juntos, reforçam as potencialidades que fazem de Beja um território de excelência”, refere a autarquia.

Na Vinipax vão estar expostos e à venda e poderão ser provados os melhores vinhos de produtores das “mais emblemáticas” regiões vitivinícolas de Portugal.

O Salão do Cavalo vai contar com uma “forte presença” de criadores de cavalos do distrito de Beja e um espaço dedicado ao cavalo lusitano e oferecer várias actividades, como um torneio de “horseball”, provas de equitação e um picadeiro com pista aberta para interessados poderem montar a cavalo e um desfile e apresentação de criadores.

“Este ano, o principal objetivo é tornar o Salão do Cavalo mais internacional, com uma maior dinâmica, que favoreça os criadores de cavalos Lusitanos”, sublinha o município.

Os “pontos altos” do Salão do Cavalo são a Gala Ibérica, dirigida pelo Mestre Luís Valença, na sexta-feira, e o Espetáculo Equestre Lusitana Paixão, por André Ponces de Carvalho, no sábado, a partir das 22:00.

A Festa Brava vai ter atividades ligadas à tauromaquia, como demonstrações de toureio a cavalo e a pé e pegas, uma largada “à moda alentejana” e a iniciativa “Vamos brincar às touradas”, a cargo do professor Marco Gomes.

O espaço “Natureza à Mesa”, que visa promover uma “alimentação simples, natural e biológica” e a gastronomia alentejana, vai incluir aulas de culinária e demonstrações de cozinha.

O espaço “Do sequeiro ao regadio”, uma mostra de ciência, tecnologia e inovação, associadas à agricultura, vai incluir várias atividades, como oficinas “sobre o que esconde o montado” e de “ciência à la carte” e o Simpósio Ibérico do Montado.

No simpósio, promovida pela associação ACOS – Agricultores do Sul e o pelo Centro de Biotecnologia Agrícola e Agroalimentar do Alentejo, vão ser debatidos vários temas, como as boas práticas na gestão, a produção sustentada e a comercialização dos produtos agroalimentares decorrentes e o problema do declínio e da sanidade e as mais recentes formas de combate a pragas e doenças do montado.

Além do concerto dos The Stranglers, o cartaz de espetáculos musicais da RuralBeja vai incluir também os concertos da banda portuguesa HMB, na sexta-feira, e do grupo espanhol de rumba e sevilhanas Raya Real, no sábado, e atuações de vários músicos, cantores e grupos corais alentejanos.