Rio 2016: França conquista Ouro por equipas – Luciana Diniz apurada para a final

Rio 2016: França conquista Ouro por equipas – Luciana Diniz apurada para a final

Quarenta anos depois de ganhar o ouro nos Jogos Olímpicos de Montreal 1976, a França sagrou-se esta quarta-feira campeã olímpica na prova por equipas nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Os franceses, superaram os Estados Unidos, medalha de prata. O bronze foi entregue à Alemanha, depois de um desempate com o Canadá. Vale a pena lembrar que a França também conquistou a medalha de ouro por equipas no Concurso Completo há cerca de duas semanas.

Philippe Rozier convocado como reserva para os J.O. do Rio montando Rahotep de Toscane, começou a terceira jornada com um percurso sem faltas, registando apenas um por excesso de tempo. Kevin Staut com Reveur de Hurtebise e Roger Yves Bost com Sydney Une Prince que terminaram com um ponto asseguraram o triunfo dos franceses que totalizaram 3 pontos não sendo necessário que Penélope Leprevost com Flora de Mariposa saltasse na segunda ronda da prova por equipas. Vale a pena lembrar que esta cavaleira sofreu uma aparatosa queda da sua égua Flora de Mariposa na primeira qualificativa individual.

O Stud Book Selle Francaise está de parabéns tendo registado quatro cavalos SF medalha de ouro por equipas nestas olimpíadas – 2 nos Saltos de Obstáculos e 2 no Concurso Completo.

SALTOS DE OBSTÁCULOS

«Sydney Une Prince» (Baloubet de Rouet x Alpha III ) de Roger-Yves Bost
«Rahotep de Toscane» (Quidam de Revel x Laudanum) de Philippe Rozier

CONCURSO COMPLETO

«Piaf de B’Neville (Cap de B’Neville x Rêve d’Elle) montado por Astier Nicolas
«Qing du Briot ENE» (Eolien II) com Thibaut Valette.

LUCIANA DINIZ APURADA PARA A FINAL

A cavaleira portuguesa Luciana Diniz montando Fit for Fun 13, garantiu esta quarta-feira um lugar na final da prova de saltos de obstáculos dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, ao totalizar 13 pontos nas três rondas de qualificação. Luciana garantiu um lugar nos 35 melhores, ao penalizar cinco pontos, quatro devido a um toque e um por excesso de tempo, (82,28s), depois de oito na primeira ronda e de um percurso limpo na segunda.

Os 35 melhores conjuntos das três provas qualificativas estão apurados para competir na Final Individual dos J.O. na sexta-feira (19), a partir das 10:00 locais (14:00 em Lisboa). O conjunto melhor classificado depois das três provas é o campeão olímpico canadiano, Eric Lamaze com Fine Lady que será o último da ordem de entrada.

Cada país pode participar com três conjuntos na final, porém a Suíça apurou 4 conjuntos. Uma decisão difícil para o chefe de equipa Andy Kistler que terá que escolher qual o conjunto que ficará fora da final.

 

RESULTADOS AQUI